Agora1

Pesquisa do Procon demonstra variação em preços para Páscoa

8 de março de 2018 - 07:59

Entre os dias 2 e 5 de março a Coordenadoria Municipal de Orientação e Defesa do Consumidor (Procon), órgão da secretaria de Cidadania e Segurança Pública da prefeitura de Ponta Grossa, desenvolveu pesquisa nas maiores redes de supermercado da cidade, para levantar a variação de preços entre produtos de páscoa. De acordo com o coordenador do Procon, Edgar Hampf, foram avaliados 80 itens, dos quais 32 são barras de chocolate, cinco são caixas de bombons e 43 são propriamente Ovos de Páscoa, de diversos modelos e tamanhos. Também segundo Hampf, só foram comparados os produtos que podem ser encontrados em, no mínimo, dois estabelecimentos diferentes.

Dos 80 itens pesquisados, o que apresentou maior variação foi o Ovo Bis Laka, embalagem de 240g, vendido a R$ 30,99 no Tozetto e a bem mais do dobro disso – R$ 72,39 – no Muffato. A diferença de 127%, no entanto, é bem pontual. “Temos variações muito menores do que as verificadas em ocasiões anteriores”, registra o coordenador do Procon. A barra do chocolate Opereta, da Garoto, de 100g, sai por R$ 3,49 no Condor e por R$ 4,99 no Muffato (43% a mais).
Parte significativa dos itens pesquisados, como pode ser verificado na tabela, apresenta rigorosamente os mesmos preços, denotando uma tendência de equalização. No entanto, reforça o Procon, “pesquisar continua sendo a mais importante ferramenta do consumidor: selecione os itens mais baratos de determinado estabelecimento e faça lá suas compras”, indica o coordenador Edgar Hampf: “essa providência bem simples pode ocasionar uma economia bem significativa”.

O objetivo da pesquisa, explica Edgar, é oferecer ao consumidor uma referência de preços médios. Ele lembra ainda que os preços constantes da pesquisa podem sofrer alterações a critério dos fornecedores, inclusive com variações para menor, como efeito de descontos, ofertas, promoções ou reposição do estoque. O coordenador lembra ainda que não há qualquer obrigatoriedade – desde que não haja ofertas formais e públicas – de uma mesma rede manter preços idênticos em loja distintas. “Essas diferenças podem existir”, anota o cooredenador.

Dicas ao Consumidor

Segundo o Procon de Ponta Grossa, é importante que o consumidor verifique com atenção o prazo de validade, a composição e o peso líquido do produto que pretende adquirir. Ovos de Páscoa que trazem brinquedos em seu interior devem apresentar em sua embalagem a frase “Atenção: contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro da Avaliação da Conformidade”. Também é obrigatória a indicação de faixa etária ou, se for o caso, frase que informe que não existe restrição de faixa etária. O brinquedo deve ter o selo do Inmetro em sua embalagem, identificação do fabricante (nome, CNPJ, endereço), importador (caso o brinquedo seja importado), instruções de uso e de montagem, e eventuais riscos que possam apresentar à criança.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.