Agora1

‘Bota fora do Lixo Eletrônico’ arrecada 6 toneladas em PG

22 de março de 2019 - 20:46
Divulgação

por Rafisa Ramos

A Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou uma grande ação de coleta, o ‘Bota Fora do Lixo Eletrônico’.

A atividade aconteceu hoje (22). Durante todo o dia, foram coletados diferentes materiais com resíduo eletroeletrônico, como celulares, televisores, aparelhos de DVD, fax e som e diversos outros, totalizando 6 toneladas de material. O Bota Fora do Lixo Eletrônico visa oportunizar a destinação correta de materiais com componentes eletroeletrônicos.

“A ação foi um sucesso mais uma vez e todo o material arrecadado será revertido em renda para as famílias das associações de catadores. Sabemos que muitas pessoas possuem em casa aparelhos e equipamentos já sem uso, mas que não sabem como ou onde destinar adequadamente, então a ação acaba sendo mais uma alternativa de descarte correto”, comenta o secretário municipal de Meio Ambiente, Paulo Barros.

O ponto de coleta do Bota Fora do Lixo Eletrônico foi instalado no Parque Ambiental, nas proximidades do posto da Polícia Militar, das 8 às 17 horas. Entre os materiais entregues pela população tinha aparelhos de DVD, fax, som e vídeo game, aquecedores, ar condicionado, baterias de celular, cabos, caixa de som, carregadores, celular, central telefônica, chapinhas, computadores, placa mãe, placa de vídeo, placa de computadores, conectores, copiadoras, CPU, HD, estabilizadores, fios, fontes, impressoras, máquinas fotográficas, memórias, modem, monitores, mouse, no brakes, notebooks, pen drive e similares.

A Prefeitura Municipal pretende realizar mais ações para recolhimento de material eletrônico. “A intenção é coletar, reciclar, reutilizar e dar a destinação correta ao lixo eletroeletrônico, contribuindo para um desenvolvimento sustentável. Além disso, muitos aparelhos são possíveis de recuperação e através deles pode ser feito um trabalho social, com doação para escolas, órgãos públicos e entidades assistenciais, explica Barros.
Todo material recolhido será doado para as associações de catadores e os mesmos realizam a revenda do material.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.