Agora1

AMTT instala equipamentos de acessibilidade à PCDs e idosos em vias públicas

14 de julho de 2020 - 16:31
Divulgação

A Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMTT), instalou nesta terça-feira (14) botoeiras inteligentes na travessia elevada da avenida Visconde de Taunay, em frente ao Paço Municipal. O equipamento, ligado ao semáforo da via, permite que idosos e pessoas com deficiência tenham maior acessibilidade durante o tráfego. O novo dispositivo já estará em funcionamento a partir de quarta-feira (15).

Para permitir a acessibilidade dos idosos, as botoeiras instaladas dos dois lados da rua possibilitarão que as pessoas maiores de 60 anos encostem o cartão de transporte do idoso no equipamento. O dispositivo possui um sensor que detecta a situação imediatamente e permite que o idoso possa atravessar a avenida com mais tranquilidade, já que, nesse caso, o semáforo de pedestre demora quase o dobro de tempo para fechar.

Já com relação à acessibilidade da pessoa com deficiência, a nova botoeira permite que a população desse grupo também possa atravessar a rua com mais segurança. Para isso, basta que o cidadão pressione o botão por mais tempo e espere um aviso sonoro que informa que o semáforo está liberado para os pedestres.

 “Esta modalidade atende principalmente a pessoa com deficiência visual, porque ao atravessar, ela ouvirá a todo o tempo um som, que indica que a passagem está permitida. Quando o som começa a acelerar, é sinal de que o semáforo para os pedestres fechará em breve. No momento em que o som se encerra, o tráfego de carros fica liberado. No equipamento instalado também há identificação em braile”, explica o Coordenador Geral de Trânsito da AMTT, João Rodrigo Pontes.

Conforme a AMTT, outros dois lugares também devem receber botoeiras inteligentes na cidade, na avenida Carlos Cavalcanti e outra próxima ao Shopping Popular, na avenida Bispo Dom Geraldo Pellanda.

“Para este primeiro momento pensamos em três lugares com travessia elevada que têm fluxo expressivo de trânsito. A intenção é ampliar a possibilidade de os pedestres transitarem com segurança e priorizar os idosos e as pessoas com deficiência”, destaca o presidente da AMTT, Roberto Pelissari.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.