Agora1

Não noticiamos suicídio, não trocamos uma noticia por uma vida!

8 de julho de 2020 - 15:30
Divulgação CVV

O principal motivo é que a publicação massiva de notícias de suicídio impulsiona aqueles que já possuem predisposição.
 
Quando alguém está deprimido e começa a ver outros casos de suicídio, o mesmo passa a ter mais coragem de realizar o triste ato de dar cabo da própria existência.
 
O manual da OMS (Organização Mundial de Saúde) deixa bem claro:
 
– Não publicar fotografias do falecido ou cartas suicidas;
– Não informar detalhes específicos do método utilizado;
– Não fornecer explicações simplistas;
– Não glorificar o suicídio ou fazer sensacionalismo sobre o caso;
– Não usar estereótipos religiosos ou culturais;
Não atribuir culpas.
O suicídio é a segunda causa de morte de pessoas entre 15 e 29 anos, segundo a Organização Mundial da Saúde. Aqui no Brasil, aumentou o número de tentativas e de mortes por suicídio, nos últimos anos. Para mudar esse cenário, o Unicef e o Centro de Valorização da Vida, o CVV, lançaram uma campanha de prevenção.
 
O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.
Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.