Agora1

Mãe que está ficando cega e precisa de tratamento ganha vaquinha. Ajude!

8 de outubro de 2021 - 19:49
Aline possui um inchaço cerebral ainda desconhecido e precisa de cirurgia – Foto: arquivo pessoal

A Aline Rodrigues tem apenas de 32 anos, é mãe de dois filhos e está ficando cega de um dos olhos. Em agosto de 2020 ela sentiu um desconforto na visão muito grande e resolveu buscar ajuda. Só que nenhum médico conseguiu identificar o problema de imediato e isso comprometeu 90% da visão dela.

Depois de muitos exames, um dos médicos descobriu uma massa no cérebro, que provocou uma inflamação desconhecida e estava comprimindo nervo óptico. E mesmo diante de todas as dificuldades de locomoção e complicações de saúde, a mãe de duas crianças continua trabalhando a rua vendendo doces e buscando assistência médica.

Aline precisa de uma cirurgia de emergência para poder voltar a enxergar e não ter complicações maiores. Lançamos uma vaquinha para que essa mãe tenha uma nova chance.Contribua no Só Vaquinha Boa!

Complicações de saúde

Aline nos contou que desde a primeira vez que buscou ajuda médica, recebeu diagnósticos diferentes. Todas as especulações médicas, até hoje, não foram comprovadas. Ela fez cada um dos exames solicitados e usou todos os medicamentos prescritos, mas a massa que se formou no cérebro não reduz.

Além do tratamento clínico, a Aline ainda precisou passar por diversos procedimentos para investigar o problema de saúde. Em abril, foram feitas duas biopsias e agora em setembro, uma craniotomia exploratória.

A única saída, segundo os médicos, é realizar uma nova cirurgia, dessa vez mais profunda, para tentar retirar a massa cerebral, na esperança de que o problema se resolva.

No entanto, esse é um procedimento bastante delicado. Além disso, a Aline é de Gravataí, interior do Rio Grande do Sul e na cidade não possui um centro médico especializado do SUS para dar a assistência que ela precisa. Então todo o procedimento feito precisa ser por atendimento particular.

Dificuldades financeiras

Hoje, mesmo sem a visão completa, ela está na rua vendendo doce e açaí para ajudar a custear o tratamento e manter a família.

Só que, além da visão, a Aline agora notou outros problemas de saúde devido ao inchaço. Ela nos disse que muitas vezes tem apagões de memória, a ponto de já ter esquecido o nome dos próprios filhos.

Antes de adoecer ela trabalhava em uma lanchonete de Gravataí, mas devido à falta de visão, pediu demissão, porque corria risco de se queimar na chapa de sanduíches, ou quebrar algo cortante.

Hoje a situação dessa mãe realmente é preocupante e ela tem muita força de vontade de mudar. “Eu sempre fui ativa, trabalho desde os meus 13 anos, sou cozinheira profissional. Ficar em cima de uma cama pra mim, seria como morrer em vida”, desabafa.

Vaquinha

Todo o valor arrecadado pela vaquinha será investido no tratamento da Aline. Ela precisa fazer a cirurgia, comprar medicamentos e seguir com atendimento até ser liberada totalmente pelo médico.

O desejo de cura da Aline é para poder voltar a ser a mãe que ela sempre foi para os filhos, que segundo ela, é o que mais dá força para não desistir.

A gente pode transformar a vida da Aline, ajudá-la a ficar curada, voltar para o trabalho e ter uma rotina normal com os dois filhos! Vamos nessa?

Você pode contribuir para a cirurgia da Aline! Basta acessar o Só Vaquinha Boa, colocar o valor da doação, escolher a forma de pagamento e confirmar. Contamos com a sua ajuda!

 

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.