Agora1

Conheça a origem do nome ‘Margaridas’ para as profissionais da limpeza urbana

9 de março de 2020 - 17:42

A Ponta Grossa Ambiental (PGA) é responsável pela limpeza urbana da cidade de Ponta Grossa, incluindo a coleta de resíduos urbanos, coleta seletiva de resíduos recicláveis e varrição de ruas. Os profissionais que realizam estas atividades são chamados de Garis e Margaridas.
A palavra Gari veio do nome de Pedro Aleixo Gary, que assinou, na época do Império, o primeiro contrato de limpeza urbana no Brasil. Com isso, os funcionários acabaram sendo nomeados de Garis. Mas você sabe a origem do nome Margarida?

No início dos anos 70, na cidade de São Paulo, havia pouca mão-de-obra masculina para a varrição e limpeza das vias da cidade. Portanto, as mulheres começaram a ser requisitadas para este serviço. E então, houve a preocupação em encontrar um nome popular que servisse de alternativa aos já tradicionais: varredora e gari. A cor branca é sinônimo de limpeza, e a flor representa a feminilidade, então Margarida foi considerado o nome mais adequado para as mulheres que prestavam estes serviços. Além de, é claro, possuir a palavra “gari” inclusa no nome.

Caroline Borsato, diretora do Sistema de Gestão Integrada (SGI) da PGA, explica que as margaridas estão presentes desde a coleta de resíduos, até a varrição de ruas e manutenção de praças e canteiros da cidade. Atualmente, 55 mulheres trabalham como Margaridas em Ponta Grossa!
Sobre os serviços prestados pela empresa, mais de 200 toneladas de resíduos são coletadas e mais de 50 quilômetros de vias são varridos por dia. “É muito importante reconhecer o trabalho das nossas margaridas nestes serviços, pois elas são responsáveis por ajudar a manter Ponta Grossa sempre limpa e bonita”, explica Caroline.

Fonte: Assessoria
Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.