Agora1

Assistência Social distribuiu mais de 260 toneladas de alimentos às famílias carentes desde março

12 de maio de 2020 - 18:48
Por Andressa Zaffalon

A campanha ‘PG sem Fome’ e a distribuição dos kits de merenda escolar foram as principais ações que subsidiaram a alimentação da população em situação de vulnerabilidade social

A Prefeitura de Ponta Grossa realiza um trabalho reforçado para garantir a alimentação das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social no município, neste período de pandemia do novo coronavírus. Desde março, as secretarias e órgãos ligados à administração pública municipal já distribuíram aproximadamente 260 toneladas de alimentos à população. Essa quantidade foi suficiente para garantir a entrega de cerca de 16 mil kits/cestas na cidade.

Esses alimentos obtidos para a constituição das cestas foram derivados de duas ações importantes do município. Uma delas é a campanha ‘PG sem Fome’, idealizada pela Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa (FASPG), que tem por intuito arrecadar os produtos para distribuir às famílias cadastradas nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). A ação está resultando em uma entrega de aproximadamente 600 cestas semanais, o que contabiliza mais de 2,7 kits entregues.

A outra ação de distribuição de alimentos aconteceu por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME). A pasta utilizou os estoques das Escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI) para a montagem de kits de merenda escolar para os alunos mais carentes. O critério foi a condição de vulnerabilidade social apresentada pelas famílias das crianças de até 10 anos, regularmente matriculadas na rede municipal. 195 toneladas de alimentos foram entregues para a população. Essa quantidade culminou na montagem de cerca de 13 mil kits de alimentos, adquiridos com recursos do Plano Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Durante este período, a Prefeitura também comprou 10 toneladas de alimentos que seriam vendidos na feira do produtor. Esses alimentos comprados no mês de março foram enviados para a FASPG, que distribuiu para famílias e entidades beneficentes.

“Esse trabalho conjunto realizado para manter o abastecimento das famílias carentes é uma demanda importante nesses meses em que enfrentamos a Covid-19. Contamos com doações de empresas parceiras e também da população, que está se solidarizando e ajudando a arrecadar os alimentos. Não podemos deixar desamparadas essas famílias neste momento de crise e por isso há a necessidade redobrada neste período de conseguir entregar os alimentos e atender o maior número de pessoas possíveis”, destaca o prefeito Marcelo Rangel.

As pessoas interessadas em contribuir com as doações podem ir até à FASPG, localizada na rua Joaquim Nabuco, 59; ou nas redes de supermercados parceiras. As informações sobre doações também podem ser obtidas através do telefone 99993-3339.

Atualmente, as cestas básicas estão sendo entregues prioritariamente para as famílias cadastradas nos CRAS de Ponta Grossa. Nesse sentido, a FASPG também trabalha para cadastrar novas pessoas que precisam ser assistidas socialmente pelo município.

“A Assistência Social tem muitos benefícios que podem ajudar as famílias, como o CadÚnico. Com os cadastros, conseguimos ajudar não só com a entrega de cestas, mas também com outros suportes assistenciais. Por isso a recomendação atual de quem quer solicitar uma cesta é que entre em contato com os CRAS e veja a possibilidade de se inscrever nos nossos programas”, sustenta a presidente da FASPG, Simone Kaminski.

O contato para a realização dos cadastros pode ser feito pelo telefone 3220-1065, através dos ramais 2188, 2187, 2186, 2183 ou 2301, das 10h às 16h.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.