Agora1

UBS de Ponta Grossa atendem 205 mil pacientes em oito meses

1 de outubro de 2019 - 20:44
Divulgação

– De janeiro a agosto de 2019 os atendimentos mais procurados pela população foram sobre transtorno mental –

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS) as 54 Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Ponta Grossa atenderam 205 mil pacientes entre janeiro e agosto de 2019. A média de atendimentos por mês é de aproximadamente 26 mil. Hoje o município conta com 78 Equipes Saúde da Família (ESF) trabalhando diretamente nas UBS e divididas de acordo com a necessidade da região.

“A Atenção Primária consegue resolver 80% dos problemas de saúde da população, atuando na prevenção de doenças, promoção à saúde, controle de doenças crônicas e atendimento a doenças agudas simples. O atendimento prestado pelas Unidades na cidade é bastante abrangente”, explica o secretário adjunto da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Rodrigo Manjabosco.

Os principais motivos da procura às UBS neste ano, em ordem crescente, são: transtornos mentais; HAS (Hipertensão Arterial Sistêmica); exame médico; gravidez; DM (Diabete Mellitus); dislepidemias; ITU (Infecção do Trato Urinário); tireoideopatia; dor crônica e doenças respiratórias. Ou seja, os casos que necessitam de acompanhamento serão resolvidos na Atenção Primária. De acordo com o relatório apresentado, as pessoas que mais procuram as Unidades na cidade estão entre 20 e 74 anos e os dias que as unidades possuem um maior movimento são nas segundas e nas terças.

Adriana Alves, enfermeira da Atenção Primária, aponta a qualidade do serviço prestado e a importância da conscientização da população em buscar o serviço correto, “quando a população busca pelo serviço correto para cada situação consegue ter sua demanda atendida conforme a necessidade de forma correta. Ou seja, quando se busca o serviço correto a qualidade do atendimento é superior”.

Dentro das unidades são realizados diversos procedimentos, dentre eles: acolhimento; curativos especiais; coleta de preventivos; saúde escolar; puericultura; atendimento domiciliar; planejamento familiar; estratificação de risco: cardiovascular, idoso, gestante, criança e saúde mental.

As pessoas que utilizam o atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar a sua UBS de referência, a mais próxima de sua residência, para ter orientações, sanar dúvidas e receber atendimentos.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.