Agora1

Família denuncia Hospital Unimed por omissão de socorro

27 de novembro de 2020 - 08:23
Imagem reprodução/ Plantão Policial RPPG

Hospital Unimed disse que a criança recebeu toda a assistência necessária durante o período em que esteve no hospital.

Na noite de Terça-feira (24) uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atender uma suspeita de Omissão de Socorro no Hospital Unimed-HGU.

A mãe, de uma criança de 4 anos, acionou a polícia, porque segundo ela, a criança tem Hidrocefalia e que a menina estava necessitando de um atendimento emergencial.

Ainda de acordo com a mãe, a criança usa válvula e que teria que fazer outra cirurgia de emergência, porém o hospital se recusava a fazer o procedimento, devido a carência do plano que era de 2 anos “ela está a 1 ano e meio pagando e o hospital não poderia se recusar a atende-la por se tratar de uma emergência”, disse a mãe.

Ainda de acordo com a mãe, a médica se recusou a atender a paciente assim como também se recusou a falar com a Polícia. “Ela não quis nos atender e ainda mandou levar a minha filha para outro Hospital por meios próprios”, disse a mulher. A criança foi atendida no Hospital da Criança, onde permanece internada.

Veja o que disse a Unimed através de nota;

O Hospital Geral Unimed (HGU) vem a público esclarecer o atendimento prestado à paciente K. G. V. B, de quatro anos, na última terça-feira (24/11/2020). Ao dar entrada no Pronto Atendimento da instituição, o hospital cumpriu com todos os protocolos e cuidados de acolhimento e atendimento à paciente. Foram realizados todos os procedimentos para tratamento dos sintomas e definição do diagnóstico. Após a avaliação inicial, a cliente foi assistida, medicada, realizou exames complementares e permaneceu em observação até a confirmação do diagnóstico. Após foi encaminhada, seguindo todos as normas de segurança, à outra instituição para continuidade do tratamento. A medida foi tomada devido à cobertura assistencial do plano contratado pela família da paciente não contemplar internamentos e cirurgias para a patologia apresentada. O HGU reforça o compromisso com o cuidado e segurança que tem com os pacientes e  ressalta que todo o atendimento inicial, inclusive com a definição do diagnóstico, foi prestado adequadamente à criança, que recebeu toda a assistência necessária durante o período em que esteve no hospital. A instituição permanece à disposição para qualquer esclarecimento.

Hospital Geral Unimed

Ponta Grossa, 25 de novembro de 2020.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.