Agora1

Banco de Leite Humano pede ajuda para mães

30 de janeiro de 2019 - 10:23
Divulgação

O leite materno é composto de todos os nutrientes necessários para nutrir, proteger, e propiciar um adequado desenvolvimento ao recém-nascido.

O Banco de Leite Humano (BLH) de Ponta Grossa, localizado junto ao Hospital Municipal da Criança João Vargas de Oliveira, está pedindo às mães que estão amamentando que façam doação do leite excedente, para que assim possa auxiliar os bebês que estão necessitando.

Para manter os hospitais da cidade é necessários cerca de 120 litros de leite, porém a equipe técnica do BLH registrou, nas últimas semanas, uma queda de 40% nas doações de leite humano. “Não estamos conseguindo atender toda a demanda dos hospitais da cidade, precisamos coletar mensalmente no mínimo 120 litros, para conseguir atender uma média de 30 recém-nascidos, o que não está acontecendo nos últimos dias”, destaca a coordenadora do BLH, Ana De Bastiani.

Hoje o Banco conta com 70 doadoras, juntas conseguem doar uma média de 90 litros por mês, o que está abaixo do mínimo necessário. Para ser doadora a mãe deve ter leite excedente, estar amamentando o seu bebê, ser saudável, não ser tabagista ou etilista e não fazer uso de drogas ilícitas. Será feito um cadastro e serão fornecidos os materiais e as orientações necessárias para a coleta. Semanalmente uma funcionária do Banco de Leite Humano irá até a residência buscar o leite coletado.

Após a coleta, o leite humano passa por um rigoroso controle de classificação, processamento e controle de qualidade, para depois ser encaminhado para os recém-nascidos prematuros e/ou de baixo peso que não sugam, infectados, portadores de imunodeficiência ou em outras condições de risco e que estão hospitalizados, principalmente nas UTIs neonatais.

“Acreditamos que na nossa cidade existam mães com potencial para a doação. Esperamos a sensibilização das mães para realizar esse gesto solidário, e com isso salvar a vida de muitos bebês”, finaliza Ana. O BLH atende de segunda e sexta-feira no horário das 8h às 14h.

As mães que tiverem dificuldades para ir até o Banco de Leite podem entrar em contato pelo telefone 3026-9403.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.