Agora1

Saiba como foi a festa da posse do presidente Jair Bolsonaro

1 de janeiro de 2019 - 22:04
AFP / EVARISTO SA

Cerca de 115 mil pessoas foram à Esplanada dos Ministérios para acompanhar a cerimônia

O céu nublado e as ameaças de chuva não foram suficientes para impedir a participação de cerca de 115 mil pessoas na festa da posse do presidente da República, Jair Bolsonaro.

A região central de Brasília foi tomada não apenas por moradores do Distrito Federal, mas também por brasileiros de todos os cantos do País, que foram à capital federal para acompanhar a cerimônia que empossou o 38º presidente da história do Brasil.

Governo do Brasil

Apesar de o evento só ter sido oficialmente iniciado por volta de 14h45, com a chegada de Bolsonaro à Catedral Metropolitana de Brasília, o público começou a aparecer na Esplanada dos Ministérios ainda nas primeiras horas do dia. Com muita irreverência e de forma pacífica, os presentes contaram o que esperam para o País durante os próximos quatro anos. A estudante Maria Rita Hasbun, 14 anos, veio de Fortaleza (CE) e chegou cedo com a família para a cerimônia. “Eu espero que ele [Bolsonaro] realmente garanta um bom futuro para a minha geração”, afirmou a estudante.

Gilcimar de Moraes, 36 anos, do Rio de Janeiro, viajou de avião pela primeira vez para acompanhar a posse de Bolsonaro. Um dia antes, ele ainda participou da corrida de São Silvestre, em São Paulo. Tanto na cerimônia em Brasília quanto na tradicional prova de rua paulistana, ele se vestiu a caráter, de terno marrom e gravata, em homenagem ao novo presidente da República. “Feliz ano novo para todos. Feliz Brasil novo”, desejou o bem-humorado Gilcimar.

Também morador da capital fluminense, Walter Moura foi ao evento fantasiado de Papai Noel verde e amarelo. “A maior alegria o Brasil está tendo agora: o resgate da dignidade para esse povo maravilhoso que somos nós, do Oiapoque ao Chuí”, disse o aposentado.

Alguns presentes ainda conseguiram curtir o réveillon em suas cidades natais e chegar a Brasília a tempo de acompanhar a posse. É o caso de Iago Patricio, de Boa Vista (RR), que desembarcou no aeroporto de Brasília durante a madrugada. “O que a gente espera do novo governo é ordem e progresso. Tudo o que o País precisa hoje em dia está, basicamente, escrito na bandeira nacional”, resumiu.

Cerimônia

O trajeto de Bolsonaro durante a posse presidencial começou por volta de 14h25, com a saída da Granja do Torto em direção à Esplanada dos Ministérios. Ao chegar à Catedral Metropolitana, o presidente desfilou no Rolls-Royce, acompanhado pelos Dragões da Independência. Por volta de 15h, chegou ao Congresso Nacional, onde prestou juramento à Constituição Federal e fez o primeiro discurso como o novo chefe do Executivo brasileiro.

Após a solenidade, o cortejo seguiu para o Palácio do Planalto, onde o novo presidente da República recebeu a faixa presidencial das mãos do seu antecessor, Michel Temer. Do parlatório do edifício, a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, quebrou o protocolo oficial ao discursar utilizando a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Ativista em defesa das pessoas com deficiência, ela afirmou ser um privilégio poder trabalhar para toda a sociedade brasileira e destacou que as eleições “deram voz a quem não era ouvido”.

Já Bolsonaro agradeceu à população e afirmou que o Brasil vai ocupar o papel de destaque que merece no mundo. “Podemos, eu, você e as nossas famílias, todos juntos, restabelecer padrões éticos e morais que transformarão nosso Brasil”, disse o presidente.

Após o discurso, o novo presidente recebeu os cumprimentos de chefes de governo, de Estado e de outros convidados. No Palácio do Planalto, Bolsonaro ainda empossou os 22 novos ministros de Estado. Da sede do Poder Executivo, o presidente dirigiu-se ao Palácio do Itamaraty, onde ofereceu, ao lado da primeira-dama, uma recepção às autoridades convidadas.

Fonte: Governo do Brasil

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.