Agora1

Rudolf repudia palestra sobre ‘golpe de 2016’ na UEPG

12 de Março de 2018 - 18:11
Imagem divulgação

Vereador protocolou no Legislativo uma moção de repúdio contra palestra que acontece no próximo dia 22.

O vereador Rudolf ‘Polaco’ Christensen (PPS), líder do Governo na Câmara Municipal, usou a tribuna do Legislativo nesta segunda-feira (12) para anunciar uma moção de repúdio contra uma palestra agendada para acontecer na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Com o tema ‘O golpe de 2016 e a democracia’, o evento é organizado pelo Mestrado em Jornalismo e está marcado para o próximo dia 22.

Na tribuna, Rudolf ressaltou que não se tratava de defender o governo do atual presidente, Michel Temer (PMDB), mas sim “garantir a validade do devido processo legal”. “O processo de impedimento da agora ex-presidente Dilma [Rousseff] contou com ampla defesa por parte da presidente, por isso não houve golpe, mas sim um procedimento previsto e constitucional”, explicou Rudolf, que é advogado e estudou na UEPG.

O líder do Governo afirmou que irá protocolar uma moção de repúdio contra o evento. “Não podemos aceitar que atos políticos sejam instalados dentro de uma universidade pública. O que não pode ser feito é que a estrutura da UEPG seja usada por esse ou por aquele grupo político, somos pagadores de impostos e não podemos nos calar diante dessa situação”, disse.

Advogado pós-graduado pela UEPG, o vereador defendeu a legalidade do processo de impeachment. “Alguns partidos e correntes políticas gostaram, outras não. Paciência. Em uma democracia é assim mesmo. O que não podemos fazer é ver uma instituição de educação pública sendo utilizada por esse ou por aquele movimento partidário”, afirmou ‘Polaco’ na tribuna.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.