Agora1

Ponta Grossa inclui mais 839 famílias no Programa Casa Fácil

20 de setembro de 2021 - 17:10
Foto Gilson Abreu

Oitocentas e trinta e nove Famílias enquadradas no programa terão subsídios de até 15 mil reais para a quitação do valor de entrada dos imóveis através do Governo do Paraná

A prefeita Elizabeth Schmidt assinou, nesta segunda-feira (20), o convênio para a inclusão de 839 famílias do Município no programa ‘Casa Fácil’ do Governo do Paraná, iniciativa que prevê o custeio de entradas, no valor de até 15 mil, de imóveis financiados pelo Governo Federal.

O investimento via recursos estaduais para Ponta Grossa é de aproximadamente 13 milhões de reais, o maior entre as cidades contempladas nesta etapa do programa.

“Quase 900 famílias terão, graças ao programa Casa Fácil, a condição de obter financiamento para sua casa própria em Ponta Grossa. São centenas de sonhos se realizando, milhares de pessoas construindo memórias, lares e abrigando seu futuro em nosso município”, destaca a prefeita Elizabeth.

Ainda sobre o programa, a prefeita ressalta a importância dos valores que serão destinados para moradias populares, bem como o volume de investimentos que vêm sendo realizados na área da habitação em Ponta Grossa.

“Apenas nesta etapa do “Casa Fácil”, o Governo do Paraná está injetando cerca de 13 milhões em moradia popular em nossa cidade.

Outras moradias, além das 839 que contarão com o subsídio, também serão construídas nos empreendimentos integrados ao Programa, perfazendo um total de 1.646 novas habitações e totalizando investimentos de mais de 245 milhões de reais na área da habitação no Município.

“É como se uma nova pequena cidade estivesse nascendo no seio de Ponta Grossa. Somos muito gratos ao Governo do Paraná por mais esse aporte e pela confiança em nossa capacidade e nossa visão de futuro”, completa a prefeita Elizabeth.

Benefício
Podem pleitear o desconto de R$ 15 mil famílias com renda mensal de até três salários mínimos, que não possuam casa própria e não tenham sido beneficiadas por outros projetos habitacionais do Governo do Estado ou da União.

As inscrições devem ser feitas no site http://www.cohapar.pr.gov.br/cadastro, onde os interessados vão preencher uma ficha com dados pessoais, financeiros e de composição familiar, além de escolherem o município de interesse.

A aprovação do subsídio dependerá de uma análise preliminar da Cohapar acerca do enquadramento dos candidatos.

Também serão necessárias a aprovação de crédito do financiamento junto à Caixa Econômica e a negociação das condições de compra com a construtora responsável, conforme já acontece nos processos normais de aquisição de moradias do Casa Verde e Amarela.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.