Agora1

Palmeirinha terá campo de society; garante prefeita

10 de fevereiro de 2020 - 19:22
Divulgação

O campinho será construído entre as ruas Jaguapitã, Francisco Otaviano e Alberto de Oliveira

Na tarde desta segunda-feira (10), a prefeita interina de Ponta Grossa, Elizabeth Schmidt, assinou a abertura do processo licitatório para a construção de um campo society no bairro Palmeirinha.

O projeto de construção foi desenvolvido pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Planejamento (SMIP) de Ponta Grossa. Os recursos necessários para a obra foram obtidos através de um convênio entre o Governo Federal e o município, por meio de uma emenda impositiva feita pelo deputado federal e secretário do Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex (PSD).

O teto orçamentário para a obra é de R$ 251.332,65 e o prazo de execução do serviço é de quatro meses, assim que iniciado. O campinho será construído entre as ruas Jaguapitã, Francisco Otaviano e Alberto de Oliveira. A estrutura total da obra compreende uma área de 949,5 m², contando com a instalação de uma arquibancada de concreto, a grama sintética e um refletor metálico.

Para a prefeita em exercício, a instalação de mais um campinho na cidade beneficiará a área do esporte e melhorará a qualidade de vida das crianças e adolescentes da Palmeirinha. “Os investimentos na área do esporte e lazer são importantes para promover entretenimento e qualidade de vida em determinada região. Já há esses espaços em locais próximos da Palmeirinha, como na Esplanada e Nossa Senhora das Graças. O campinho da Palmeirinha será importante para permitir que mais pessoas tenham acesso a esses benefícios”, destaca Elizabeth Schmidt.

Em Ponta Grossa já existem 38 campos society. Há dois para serem inaugurados neste ano e com a abertura do processo licitatório para a instalação de um na Palmeirinha, a cidade deverá contar com 41. A Secretaria de Infraestrutura e Planejamento e a Fundação Municipal de Esportes (Fundesp) também planejam a construção de mais um, na Vila Odete.

Conforme o presidente da Fundesp, Marco Antônio Macedo, o investimento no bairro da Palmeirinha é essencial, levando em conta que há quatro instituições de ensino na região. “Os campinhos da cidade dão suporte para a copa ‘Nossa Campinho’. Isso promove uma integração entre os bairros e estimula as crianças e adolescentes a participarem de campeonatos e a praticarem esportes”, ressalta Macedo, que acompanhou o planejamento do projeto.

Segundo o gestor de convênios da Secretaria de Infraestrutura e Planejamento, Celso Prestes, em cerca de 40 dias o campinho deve estar licitado.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.