Agora1

Grevistas da Saúde negociam compensação de horas

19 de junho de 2018 - 07:57
Imagem divulgação

Na tarde desta segunda-feira (18), o prefeito Marcelo Rangel recebeu representantes dos trabalhadores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para discutir sobre o desconto dos dias não trabalhados durante a paralisação dos servidores na última semana. O encontro foi solicitado pelos servidores que aderiram à greve e buscaram diálogo junto ao Governo.

O prefeito aceitou a proposta para não descontar os dias não trabalhados, desde que sejam compensados em outro período. Sendo assim, a Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SMARH) encaminhará aos estabelecimentos da Saúde um documento modelo de compensação. O servidor que aderir a esta proposta poderá fazer a compensação ao longo dos próximos meses.

“O diálogo é sempre o melhor caminho e sempre foi a alternativa mais importante para alcançar as conquistas. Nosso governo sempre teve o diálogo aberto com os servidores e fiquei agradecido com estes que nos procuraram.  Desta maneira, estamos equacionando uma pendência. Com a compensação, os servidores estarão compensando isso. Demonstra que já existe a aceitação por parte das categorias. Nós temos que nos unir para enfrentar os problemas”, destacou o prefeito Marcelo Rangel.

Durante a reunião, os trabalhadores se mostraram favoráveis ao pagamento do reajuste no mês de setembro, em decorrência da atual situação financeira e orçamentária do município, e expuseram os motivos de terem aderido à paralisação.

 

 

 

 

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.