Agora1

Com novo aumento nos combustíveis, gasolina chega a custar quase R$ 8 reais no Sul

9 de novembro de 2021 - 08:33
Foto: EBC

Em Ponta Grossa Bolsonaro disse que estuda alguma forma de privatizar a Petrobras; ministérios da Economia e de Minas e Energia negaram

O preço médio da gasolina no país subiu pela quinta semana consecutiva. O valor nos postos passou de R$ 6,562, há duas semanas, para R$ 6,710. No Rio Grande do Sul, o litro já é vendido a R$ 7,99, maior valor médio registrado no Brasil, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Em seguida, aparecem Minas Gerais (R$ 7,599), Distrito Federal (R$ 7,499) e Pernambuco (R$ 7,439), com as maiores altas.

Os dados da ANP mostram que, além da gasolina, diesel e gás de botijão (GLP) também viram preços aumentar na última semana.

— O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a repetir no sábado (6/11) que o governo estuda alguma forma de privatizar a Petrobras. Em discurso a apoiadores após uma motociata na cidade de Ponta Grossa (PR), o presidente afirmou que deseja “se livrar” da estatal, segundo O Globo.

— Bolsonaro argumenta que apesar de não poder interferir na forma como a estatal define os preços, ele é responsabilizado pela população pelos aumentos.

“Sabemos da inflação, aumento de combustível. Sabemos da Petrobras, é independente, infelizmente. E nós estamos buscando uma maneira de ficar livre da Petrobras. Fatiar bastante, quem sabe partir para uma privatização”, disse Bolsonaro.

— Na sexta (5/11), a Petrobras informou que consultou os ministérios da Economia e de Minas e Energia e que ambos negaram a existência de qualquer estudo ou plano para privatizar a empresa

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.