Agora1

Bolsonaro pede desculpa depois de mandar repórter ‘calar a boca’: ‘Fui grosseiro’

6 de Maio de 2020 - 08:18
Reprodução

Depois de mandar repórter “calar a boca”, o presidente Jair Bolsonaro se desculpou, na tarde de ontem (05). Bolsonaro durante pronunciamento feito pela manhã, do lado de fora do Palácio da Alvorada, em Brasília, rebatia as acusações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

No início do dia, o mandatário elevou o tom, inflamou apoiadores contra os jornalistas e chegou a gritar que os profissionais deveriam “calar a boca”

“Cala a boca, não perguntei nada. Cala a boca, cala a boca. Não tenho nada contra o superintendente do Rio e não interfiro na PF”, disse.

Depois Bolsonaro de desculpou.

“Desculpa aí se eu fui um pouco grosseiro de manhã com uma senhora e um senhor aqui”, disse, enquanto

Veja vídeo;

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.