Agora1

29º

Universitário é preso por crime de homicídio em Curitiba

9 de outubro de 2017 - 18:21
Imagem divulgação

Um estudante de Engenharia Civil, de, 23 anos, suspeito de envolvimento no crime de homicídio que vitimou Adriano Alves Gouveia, também de 23 anos, no mês de agosto, foi preso na semana passada, no bairro Vila Fany. O crime foi elucidado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Um adolescente de 17 anos, suspeito pela autoria dos disparos de arma de fogo que matou Gouveia, também foi apreendido no decorrer da ação com o apoio da Delegacia do Adolescente. A apreensão aconteceu em sua residência, no bairro Parolin.

Uma terceira pessoa suspeita de efetuar os disparos junto do adolescente, identificada pela DHPP como Marcos Antônio Ferreira da Silva, 20 anos, o qual foi morto em represália a morte de Gouveia, no último mês em São José dos Pinhais.

O crime aconteceu no dia 22 de agosto deste ano, por volta das 15 horas, no bairro Boqueirão. Na ocasião, um dos suspeitos transportou o adolescente e Silva até o local, conduzindo um veículo Sandero preto. Gouveia foi atingido com quatro disparos de arma de fogo, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Durante as investigações, a polícia tomou conhecimento que o estudante trabalhava como motorista de uma prestadora de serviço de transporte privado, que funciona por meio de um aplicativo de celular. “Na data do crime, o rapaz veio até a unidade e alegou ter sido vítima de sequestro. Segundo ele, foi obrigado a dirigir para atiradores e a testemunhar o homicídio de Gouveia”, conta o delegado da 2ª Delegacia de Homicídios (DH), Cássio André Dias Conceição.

Em continuidade as diligências, a equipe da 2ª DH encontrou contradição entre o que foi alegado pelo suspeito e o que de fato aconteceu no dia do crime. “O trajeto informado por ele não era equivalente ao que apuramos no decorrer das investigações, por exemplo”, informou Conceição, que completou que o crime possivelmente tem relação com o tráfico de drogas na região.

O delegado ainda afirma que, embora o suspeito não contasse com nenhuma passagem policial, diligências apontaram que ele estava envolvido com diversos crimes contra o patrimônio, atuando como motorista em assaltos a lojas há alguns meses.

O rapaz responderá por crime de homicídio, e encontra-se preso no Setor de Carceragem Temporária (Secat) da DHPP, onde aguarda à disposição da Justiça. Já o adolescente foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente e aguarda à disposição da Vara da Infância e Juventude.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.