Agora1

Suspeitos pela morte de motorista de aplicativo são indiciados e podem pegar até 46 anos de cadeia

12 de agosto de 2020 - 11:39
Motorista de aplicativo foi assassinado e o corpo foi jogado no rio Imbituvão

A Polícia Civil de Ponta Grossa, concluiu as investigações e indiciou suspeitos envolvidos com a morte de motorista de aplicativo, de 45 anos de idade.

Os três suspeitos, presos em flagrante, no sábado, dia 01 de agosto de 2020, foram iniciados pelos crimes de homicídio qualificado, furto qualificado, associação criminosa e ocultação de cadáver.

A vítima, supostamente, foi agredida no interior da residência pelos suspeitos e, posteriormente, já sem vida, levada, com o seu próprio veículo, até o Município de Imbituva, ocasião em que os suspeitos ocultaram o corpo da vítima no leito de Rio Imbituvão.

No curso das investigações, constatou-se que os suspeitos estariam a algum tempo frequentando a casa da vítima, em churrascos promovidos pela própria vítima.

Após o homicídio, os suspeitos, aproveitaram-se da situação para realizar a subtração de pertences da vítima, dentre seu aparelho celular, bateria e rádio do veículo e dinheiro que estariam de posse da vítima.

O aparelho celular da vítima, inclusive, foi recuperado em posse de um dos suspeitos por ocasião da prisão em flagrante.

A soma das penas dos crimes praticados pelos suspeitos pode chegar a até 46 anos de prisão.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.