Agora1

Suspeito de latrocínio contra idosa é preso pela Polícia de Ortigueira

9 de março de 2018 - 21:20
Imagem Agora 1

Um latrocínio que vitimou Maria Leizina de Souza, de 52 anos, foi elucidado no final da manhã de quinta-feira (08/03), pela Polícia Civil de Ortigueira, após a prisão da última pessoa suspeita na participação do crime. O rapaz, de 23 anos, foi preso no município de São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Durante as investigações, um carro foi apreendido.

O homem possuía dois mandados de prisão preventiva pelos crimes de latrocínio e roubo, e estava sendo monitorado há alguns meses pela polícia. Ele foi localizado pelos policiais no interior de um Ford/Fiesta prata, no Centro da cidade.

O crime aconteceu na noite do dia 30 de julho do ano passado, quando três homens armados invadiram a casa de Maria, situada no bairro Brasílios, em Ortigueira. Conforme investigações, os suspeitos exigiam que a vítima entregasse a quantia de R$ 30 mil (valor que a vítima havia recebido junto com seu esposo após a venda de eucaliptos).

Enquanto exigiam o dinheiro, Maria tentou acionar a polícia, causando nervosismo entre os suspeitos, que acabaram efetuando diversos disparos de arma de fogo contra a vítima. Na época dos fatos, outros dois homens, de 30 e 40 anos, foram presos suspeitos da participação do crime.

“Agora com a prisão deste terceiro elemento, concluímos o caso identificando e prendendo todos os envolvidos no crime”, disse o delegado-titular da Delegacia de Ortigueira, Rafael Bacelar de Souza.
A ação contou com o apoio da Delegacia de São José dos Pinhais e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc).

O veículo apreendido será restituído ao proprietário. O jovem responderá pelos crimes de latrocínio e roubo. Caso seja condenado pelos dois crimes poderá pegar até 40 anos de prisão. O suspeito permanece preso à disposição da Justiça.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.