Agora1

Rapaz é espancado até a morte, após falsa acusação de pedofilia feita pela mãe em Curitiba

27 de janeiro de 2022 - 08:14
Reprodução

A mãe espalhou boatos de que a vitima teria abusado do próprio filho o que não aconteceu; diz policia

Uma falsa acusação de pedofilia pode ter terminado na morte do João Philip Gonçalves Nunes, de 23 anos, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), no dia 5 de dezembro de 2021. Os boatos de que ele teria abusado do próprio filho foram espalhados pela mãe da criança, na Vila Corbélia.

O ex-casal tinha uma briga que envolvia a guarda do menino de 4 anos. Após a morte do pai, a mulher e o atual namorado fugiram e a criança está desaparecida, segundo a polícia.

Ao todo, seis pessoas estariam envolvidas no homicídio, cometido por meio de um espancamento coletivo.

Na última sexta-feira (19), um jovem de 19 anos, morador da comunidade e que seria o mandante do crime, foi preso.

De acordo com o delegado Thiago Nóbrega, a prioridade é encontrar a criança que está desaparecida desde a morte do pai.

Sobre o abuso, laudos comprovam que isso não aconteceu, segundo Thiago Nóbrega.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.