Agora1

Policial teria gravado estupro e executado Renata Larissa , diz delegada

2 de agosto de 2018 - 21:14
Imagem reprodução

As investigações da Polícia Civil indicam que a jovem Renata Larissa dos Santos, de 22 anos, foi estuprada e morta pelo policial militar Peterson Mota Cordeiro, 30.

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (2), a delegada Eliete Kovalhuk, da Delegacia da Mulher, afirmou que vídeos encontrados na casa do acusado mostram o momento em que a vítima foi violentada.

Essas imagens levaram os policiais a identificarem Renata Larissa como a jovem que havia desaparecido no dia 27 de maio em Colombo, na região metropolitana de Curitiba.

“Esse homem já estava preso em decorrência de outras investigações de estupros ocorridos na capital. Nós cumprimos um mandado de busca e apreensão na residência dele e encontramos equipamentos eletrônicos com filmagens e fotografias dos crimes”, explicou a delegada.

Exame de impressão digital confirmou hoje que o corpo encontrado na BR-376 é da jovem

Leia a matéria completa na Banda B

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.