Agora1

Nucria prende homem acusado de estuprar varias crianças em Ponta Grossa

27 de novembro de 2022 - 17:12
Foto: Fabio Dias

As vítimas têm relatos muito parecidos, reafirmando que o individuo tinha o mesmo modo de agir paracometer os abusos sexuais.

A Polícia Civil de Ponta Grossa, através de policiais do NUCRIA, com auxílio da Guarda Municipal prendeu, no final da tarde de sábado (26), um indivíduo de 38 anos suspeito da prática do crime de estupro de vulnerável, praticado em desfavor de sua enteada.

Na mesma ocasião, a genitora da vítima, de 31 anos, acabou presa pelo mesmo crime, em razão da existência de indícios de que está se omitiu em seu dever de proteger sua própria filha e, com seu comportamento, acabou possibilitado a prática do crime.

Mãe é agredida e presa por suspeita de permitir estupro de criança em Ponta Grossa

De acordo com a delegada responsavel pelo caso, Dra Ana Paula Cunha Carvalho, as investigações apontam que na data de ontem, após insistência do homem para que a genitora da infante deixasse as filhas de 10 e 6 anos sozinhas na residência em sua companhia, mesmo ciente de que o homem já era procurado pela Polícia Civil pela prática de outro estupro de vulnerável em desfavor da filha de sua ex-namorada, a mulher teria aceitado deixar as crianças com o suspeito.

Se aproveitado da situação, o investigado teria abusado da vítima. Consta ainda que a genitora já havia recebido relatos da vítima de abusos anteriores praticados pelo padrasto.

Após o crime, a vítima teria buscado ajuda de vizinhos. A mãe, quando chegou no local onde sua filha estava com populares, teria repreendido a vítima, dizendo que não era para dizer nada, momento em que passou a ser agredida pelas pessoas que estavam no local.

Diante dos fatos, os dois envolvidos foram presos em flagrante e aguardam na cadeia pública local a disposição do Poder Judiciário.

Esse indivíduo tem contra ele três inquéritos policiais por estupro de vulnerável em andamento no Nucria fato que levou ao pedido de sua prisão. Assim sendo, além de ter sido preso em flagrante pelo quarto crime da mesma natureza, foi dado também cumprimento ao referido mandado anteriormente expedido. As vítimas têm relatos muito parecidos, reafirmando que o investigado tinha o mesmo modo de agir para a prática dos abusos sexuais.

As investigações devem prosseguir no Núcleo De Proteção À Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes – NUCRIA.

Importante ressaltar que nas demais ocasiões as genitoras das vítimas não tinham conhecimento da situação de violência fatos que eram revelados, após o termino do relacionamento com o suspeito dado a sua alta agressividade.

A Polícia Civil ressalta que toda notícia de abuso deve ser denunciada.

Redação Agora1
Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.