Agora1

“Não me arrependo de ter matado ela”; diz autora de homicídio em PG

11 de setembro de 2019 - 11:25
Reprodução Portal A Rede

Logo após o crime ocorrido na madrugada, as acusadas  foram apreendidas pela Guarda Municipal.

Uma adolescente e uma mulher foram apreendidas pela Guarda Municipal nesta quarta-feira (11), após tentativa de arrombamento a uma UBS, próximo ao local do crime ocorrido na madrugada, na Avenida Antônio Saad, bairro Jardim carvalho em Ponta Grossa.

O caso;

Mulher é encontrada morta a golpes de faca em PG

Uma mulher de 25 anos, foi encontrada morta na avenida Antônio Saad, bairro Jardim carvalho em Ponta Grossa, por volta das 4 horas da madrugada desta quarta-feira (11).

Informações da equipe policial, que uma mulher de aproximadamente 25 anos foi encontrada em óbito em via pública com ferimentos provocados por arma branca. A vitima não foi identificada oficialmente pela polícia. O IML recolheu o corpo, para necropsia. A motivação do crime será apurada pela Criminalística da Policia Civil.

As duas acusadas do crime confessaram que tinham matado a mulher a golpes de faca e tinham planejado tirar a vida dela, pois ela estaria ‘mexendo’ com os maridos das acusadas.

Na delegacia para onde elas foram levadas, uma das acusadas confessou o crime ao repórter Jeferson Cascavel do Programa COP.

“Eu acho que dei mais de 15 facadas nela, não lembro. E não estou arrependida, ela estava mexendo com meu marido – Saímos dali e fomos arrombar o posto de saúde, e lá fomos detidas – Sim eu sou usuária de cocaína e tenho passagem na polícia por roubo”, disse a autora do crime.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.