Agora1

15º

Garotinha de 5 anos morre após sofrer queda em escola de Jaguariaíva, diz familia

15 de junho de 2017 - 12:50

Imagem Tribuna do Povo

Jheniffer Kauane de cinco anos de idade foi enterrada ontem em Jaguariaíva. A causa provável da morte, segundo documentos emitidos pelo hospital em que ela foi atendida em ponta Grossa, é de hematoma epidural causado por traumatismo craniano encefálico.

Jheniffer teria caído na escola Antonio Fanchin, onde estudava. Segundo ela mesma contou à sua mãe, uma coleguinha teria gostado do casaco que ela usava e o tentava tirar quando soltou Jheniffer teria batido a cabeça no armário da professora. A escola, na ocasião em que o pai foi levar o atestado médico quis saber o motivo pelo qual ela não estaria indo a aula e alegou não saber do tombo que veio a causar sua morte.

Jheniffer passou pelo UBS do bairro Remonta onde teria sido atendida por pediatra que apenas solicitou exame de fezes e urina. O pai relata que tanto no UBS quanto no hospital foi dito que ela teria batido a cabeça, mas que não solicitaram tomografia ou qualquer exame de cranio que pudesse dar um laudo do que realmente havia ocorrido.

Os pais de Jheniffer, Claudio e Eliane concederam entrevista à Tribuna do Povo explicando o calvário pelo que estão passando e dizem que vão buscar justiça pela morta da pequena Jheniffer que faleceu as 2 horas da manhã do dia 12 em Ponta Grossa antes mesmo de dar entrada no hospital.

Acompanhem a entrevista da Tribuna do Povo:

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.