Agora1

“Me perdoe por não ter sido mais do que eu pude ser, para você e para ele”; diz Monique em carta para o pai de Henry

3 de maio de 2021 - 16:56
Reprodução

Monique Medeiros da Costa e Silva pede perdão ao ex-marido Leniel Borel de Almeida e pai de seu filho, Henry Borel Medeiros, de 4 anos.

“Não sabia o que estava acontecendo se pudesse voltar atrás”, faria “tudo novo para ter Henry novamente”

Monique e o namorado, o médico e vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), estão presos temporariamente desde 8 de abril por suspeita de homicídio duplamente qualificado contra a criança. No bilhete, a professora menciona que o engenheiro foi casado com ela por oito anos e “sabia exatamente” a pessoa que ela era, a família de onde veio, os princípios que carrega e a “mãe dedicada” que foi para o filho. “Você, mais do que ninguém, sabe a mãe que sempre fui para o nosso Henry”, escreve.

Ela continua: “Se eu pudesse voltar atrás, fazer tudo novo, para tê-lo conosco, até no fundo da casa dos meus pais, tendo uma vida simples, mas com o sorriso dele iluminando todas as nossas manhãs, eu faria. Faria tudo diferente”, diz Monique. Ela termina a carta pedindo perdão ao ex-marido, de quem se separou em meados do ano passado. “Me perdoe por não ter sido mais do que eu pude ser. Para você e para ele”. Ela assina a carta como “Nique”, como era chamada por Leniel.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.