Agora1

Mãe é detida acusada de estuprar a filha de 7 anos; padrasto está foragido

12 de abril de 2018 - 18:58
Imagem ilustrativa

A prisão aconteceu no bairro Guatupê, na capital do estado contra uma mulher de 37 anos, suspeita de estuprar a própria filha, atualmente com 7 anos, junto do marido – padrasto da criança – que encontra-se foragido da Justiça. Conforme apurado pela polícia, o casal violentava a garota desde que ela tinha 5 anos de idade.

De acordo com a delegada-titular da DMA, Thatiana Laiz Guzella, a equipe investigava o casal há aproximadamente seis meses. “Iniciamos as diligências após tomar conhecimento de que a criança já havia relatado o fato na escola de diferentes formas e quando a mãe era chamada agia com pouca importância”, conta.

Após algum tempo a criança passou a morar com a tia paterna, para quem também relatou o fato. “A tia compareceu na delegacia para denunciar o ocorrido, posteriormente a garota foi ouvida pela equipe e acabou detalhando como ocorria o crime e dessa vez mencionou a participação da mãe e do padrasto nos abusos”, afirma a delegada.

Diante do fato, a autoridade policial da DMA de São José dos Pinhais representou pela prisão preventiva do casal. Na delegacia, a mãe da garota negou todos os fatos. “As investigações continuam, com o intuito de localizar e prender o padrasto da vítima”, completa Thatiana.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.