Agora1

Joesley Batista e vice-governador de Minas Gerais são presos pela PF

9 de novembro de 2018 - 06:40
Divulgação

O vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB), foi preso em uma fazenda de Vazante, no Triângulo Mineiro, na manhã desta sexta-feira (9) alvo da operação Lava Jato.

Operação da Policia Federal denominada “Capitu”, uma provável alusão à trama de traição de Machado de Assis, a investigação gira em torno de um esquema de corrupção que teria acontecido em 2013, quando o vice-governador era ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff (PT).

Ao todo, segundo a Polícia Federal, 62 mandados de busca e apreensão são cumpridos em diversos estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso e Paraíba. A base da operação seria a delação de um dos operadores do MDB, Lúcio Bolonha Funaro, que foi preso em 2016 pela Lava Jato.

Ele e o ex-governador estariam envolvidos em um esquema de corrupção firmado com a empresa JBS. Além do vice-governador, os executivos da JBS Joesley Batista e Demilton de Castro e o deputado João Magalhães (MDB-MG) foram presos nesta sexta-feira (9) na operação.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.