Agora1

Homem negro é espancado e morto por seguranças do Carrefour, no RS

20 de novembro de 2020 - 08:48

Um homem negro foi espancado até a morte por dois seguranças de uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra.

Os acusados pela morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, presos em flagrante, eram um segurança da unidade e um policial militar.

As imagens do espancamento foram registradas em vídeo e circulam nas redes sociais.

A investigação trata o crime como homicídio qualificado e, segundo apuração da Brigada Militar, as agressões começaram após desentendimento entre o homem negro que acabou vítima do espancamento e uma funcionária do Carrefour, que fica no bairro Passo D’Areia, na Zona Norte da capital gaúcha.

A Brigada Militar diz que a vítima teria ameaçado bater na funcionária do supermercado, que então chamou a segurança.

Os dois foram detidos e presos em flagrante por homicídio qualificado, os agressores tinham 24 e 30 anos e eram brancos.

Nas redes sociais internautas lembram que não é a primeira vez que acontece agressões com mortes nas empresas do Grupo Carrefour;   Não é um caso isolado! Corpo de funcionário escondido com guarda-sol, Negro espancado por abrir uma lata de cerveja, Negro espancado por “suspeita” de roubar o próprio carro, Cachorro envenenado e assassinado. Admitam que esse é o padrão da empresa: racismo, descaso e assassinato”, disse um internauta!

A empresa logo após a morte do homem, se manifestou através de nota nas redes sociais; confira!

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.