Agora1

Hackers invadem câmeras e gravam relações sexuais para vender na internet

7 de abril de 2021 - 09:36
Reprodução

O crime cibernético está se espalhando entre os hackers chineses  que invadem câmeras conectadas à internet, gravam vídeos de relações sexuais e comercializam clipes na web.

As informações são do jornal asiático South China Morning Post, que garante que, por mais bizarro que tal comércio possa parecer, é crescente a demanda por esse tipo de conteúdo em fóruns obscuros da rede, o que só incentiva ainda mais a ação dos invasores.

Tudo indica que a quadrilha está incentivando uma espécie de esquema de pirâmide com seus consumidores, incentivando-os a revender as “filmagens caseiras”.

O mais correto é sempre se atentar a alterar essa password nativa e desligar (ou tampar a lente) da câmera em momentos que sua atividade não seja interessante — incluindo durante relações sexuais.

 

Fonte: Canaltech

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.