Agora1

Gaeco faz mulher se retratar por ‘fake News’ sobre coronavírus em Londrina

23 de março de 2020 - 08:12
Arquivo

O Gaeco, Grupo de Combate ao Crime Organizado, decidiu combater notícias falsas sobre o novo coronavírus que têm sido divulgadas por redes sociais. Em Londrina, no norte do Paraná, uma mulher precisou se retratar após encaminhar um áudio falando sobre o Hospital Universitário.

No áudio, segundo o Gaeco, a mulher diz que recebeu informações em primeira mão de que a situação no Hospital Universitário estava caótica, que os médicos estavam escolhendo pacientes quem iriam salvar e quem morreria.

Afirmou, de forma inverídica, que havia três crianças entubadas no hospital com sintomas da Covid-19. Disse também que o prefeito de Londrina determinaria o fechamento completo do município.

Os promotores investigaram e descobriram a autora do áudio que teve que se retratar. Ela gravou um novo áudio, pedindo desculpas e dizendo que todas as informações que disse não eram verdadeiras, foram baseadas em outros áudios que recebeu por grupos de mensagens.

Nesse caso, a autora do áudio poderá responder por contravenção penal por provocar alarme, anunciando desastre ou perigo inexistente ou praticar ato capaz de produzir pânico ou tumulto.

Fonte: G1

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.