Agora1

Gaeco cumpre mandados em Ponta Grossa, Curitiba e Colombo

17 de outubro de 2018 - 11:05
Imagem divulgação

O Ministério Público do Paraná cumpre na manhã desta quarta-feira, 17 de outubro, 36 mandados de busca e apreensão, nove mandados de prisão preventiva e um mandado de prisão temporária em investigação sobre organização criminosa envolvida com corrupção de policiais militares, prática de jogos de azar e lavagem de dinheiro.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal de Ponta Grossa e pela Vara da Justiça Militar e resultam de investigação conduzida pelo Núcleo de Ponta Grossa do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Entre os mandados de prisão preventiva, dois são contra policiais militares, e o mandado de prisão temporária tem como alvo um advogado da organização. Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em 17 residências nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa e Colombo; um escritório de advocacia em Ponta Grossa, dois estabelecimentos comerciais em Ponta Grossa, um estacionamento pertencente ao chefe da organização criminosa em Curitiba, uma empresa de informática em Curitiba, seis casas de jogos em Ponta Grossa e oito casas de jogos em Curitiba.

As investigações tiveram início há pouco mais de um ano, como desdobramento de operação que fechou uma casa de bingo em Ponta Grossa.

Assessoria de Comunicação

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.