Agora1

Assassinato na Palmeirinha pode ter sido crime passional

26 de janeiro de 2022 - 19:47
Giovani Palhano, de 47 anos/ Reprodução/

O suspeito do crime é o ex-companheiro da namorada de Giovani Palhano, de 47 anos.

A polícia civil está investigando um crime que ocorreu na manhã desta quarta-feira (26), na Vila Palmeirinha em Ponta Grossa.

Giovani Palhano, de 47 anos foi morto a tiros quando estava indo trabalhar. A principal linha de investigação da polícia civil que gerou a motivação do crime seria por ciúmes.

Giovani estaria namorando uma mulher e o ex-companheiro dela não aceitava o fim do relacionamento, porém pessoas ligadas a ele disseram nas redes sociais que o suspeito não estava em Ponta Grossa por conta de um emprego em outra cidade.

Homem é morto a tiros na Palmeirinha, em Ponta Grossa

Imagens de câmeras de segurança estão à disposição da polícia e irão ajudar na identificação do acusado do crime.

Giovani era montador de estrutura metálica e morador daquela região na Palmeirinha.

O corpo de Giovani está sendo velado na Capela da Vila Palmeirinha e seu sepultamento será amanhã as 10 horas no Cemitério Parque Jardim Paraíso.

Nas redes sociais familiares e amigos lamentaram a morte de Giovani;

  • Vai em paz Giovani q Deus conforte todos seus familiares
  • Meus Deus que do dele eu trabalhei com ele em uma fábrica meu Deus que tristeza meus sentimentos a todas famílias e amigos
  • Que triste isso meu Deus, amigo desde a juventude!!!
Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.