Agora1

Prefeitura deve ingressar na justiça para garantir a continuidade do transporte público coletivo na cidade.

15 de Maio de 2020 - 19:47
William Schembergue

Após a Viação Campos Gerais (VCG), emitir nota informando que a empresa ajuizou uma ação na Justiça para pedir uma “complementação do custeio” do transporte coletivo em Ponta Grossa, a Prefeitura Municipal, disse que “sobre o assunto, a Prefeitura também deverá ingressar na justiça, para garantir a continuidade da prestação do serviço de transporte público coletivo na cidade.

A VCG ajuizou ação na Justiça para pedir apoio financeiro de R$ 2,5 milhões e continuar com as atividades. Segundo a empresa esse apoio é devido ao cenário insustentável e da necessidade de manutenção do serviço de transporte coletivo à população de Ponta Grossa. “Acreditamos que a remessa à Ponta Grossa pelo Governo Federal de cerca de R$ 40 milhões, verba destinada à Prefeitura, possa ser uma solução importante para contemplar setores essenciais tais como a saúde e o transporte coletivo, na mesma linha das manifestações do Ministro Paulo Guedes”, informa o documento. Nesta ação, o valor solicitado pela empresa (subsídio tarifário) é de R$ 2.523.369,80. Veja documento;

A prefeitura informou; “Sobre o assunto, a Prefeitura de Ponta Grossa informa que ingressará com ação na Justiça para garantir a continuidade da prestação do serviço de transporte público coletivo na cidade”.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.