Agora1

“Por favor, me desculpem se fui mal interpretado”, diz dono do Madero após vídeo repercutir na internet

24 de março de 2020 - 19:24

Na segunda-feira, empresário Junior Durski disse que economia não podia parar por morte de “cinco ou sete mil pessoas”

Para o empresário os danos da crise econômica que será criada é mais profundo do que as mortes causadas pela pandemia do novo coronavírus

O dono do Madero e outros restaurantes, Junior Durski, se desculpou, nesta terça-feira, 24, pelas declarações contra as medidas de isolamento social e fechamento do comércio não essencial, adotadas pelas autoridades brasileiras no combate ao  coronavírus no país. Durski disse que foi ‘mal interpretado’.

“Me desculpem se alguém me interpretou mal. Nunca vou menosprezar uma vida sequer. […] Vou fazer de tudo para ajudar todas as pessoas e vou sempre apoiar todas as ações, mas não podemos ser desproporcionais e não podemos não pensar nas consequências econômicas”, explicou no novo vídeo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Por favor, me desculpem se fui mal interpretado!

Uma publicação compartilhada por Junior Durski (@juniordurski) em

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.