Agora1

Policia lamenta morte de soldado após sofrer aneurisma cerebral

1 de agosto de 2022 - 13:53
Reprodução

Kamila Novak foi socorrida e encaminhada para hospital, mas não resistiu e morreu nesta segunda (1º). Ela Jovem deixou o marido e dois filhos.

 Uma soldado da Polícia Militar (PM) morreu na manhã desta segunda-feira (1º) em Curitiba após sofrer um aneurisma enquanto trabalhava. Kamila Novak tinha 31 anos.

Segundo a PM, o rompimento do aneurisma cerebral aconteceu na madrugada de sábado (30). Ela foi encaminhada com urgência para um hospital da capital.

Ainda conforme a corporação, a jovem chegou a ser encaminhada para uma cirurgia de urgência, mas o procedimento foi suspenso por conta da gravidade e ela foi encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para estabilização dos sinais vitais.

A morte foi confirmada pela polícia nesta segunda. Kamila deixou o marido e dois filhos. Veja a nota da Policia Militar

“É com pesar que informamos que a Soldado Kamila Novak de Oliveira da 3ª Companhia do 23º Batalhão de Polícia Militar faleceu na manhã desta segunda-feira (01). Ela deixa esposo e dois filhos pequenos. Ela teve um aneurisma cerebral durante o serviço da madrugada de domingo e foi encaminhada com urgência para o Hospital do Trabalhador pelos próprios colegas de farda, e passou por cirurgia, mas infelizmente não resistiu. Deixamos nossos sentimentos aos familiares e amigos”

“7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé.

8 Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.”

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.