Agora1

Morre o físico britânico Stephen Hawking aos 76 anos

14 de Março de 2018 - 07:40
Imagem divulgação

Morreu nesta quarta-feira (14) aos 76 anos por complicações da esclerose lateral amiotrófica, doença degenerativa com a qual conviveu desde a juventude, Stephen Hawking, o gênio do universo “em uma casca de noz”, aos 76 anos.

Segundo informe da família do cientista, ele faleceu em sua casa em Cambridge, no Reino Unido. Ele ficou mundialmente conhecido como o cientista que vivia recluso em uma cadeira de rodas computadorizada sem poder mexer o corpo franzino e atrofiado.

E como o pensador que conquistou reinados da física ao ajudar a entender a origem do Universo e o papel dos buracos negros.

Stephen Hawking recebeu US$ 3 milhões (cerca de R$ 6,2 milhões), o maior prêmio científico já pago no mundo, por suas “relevantes contribuições” à Física, incluindo a descoberta de que os buracos negros emitem radiação, além de seus estudos sobre a gravidade quântica e os aspectos do início do universo

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.