Agora1

Investimentos no aeroporto diminuem alternância de voos em PG

3 de outubro de 2018 - 17:16
Divulgação

Por Millena Sartori

Estação de Tráfego e revitalização da pista proporcionam mais segurança aos pilotos
O Aeroporto Municipal Comandante Antonio Amilton Beraldo, mais conhecido por Aeroporto Sant’Ana, divulgou nesta quarta-feira (3) o seu resumo mensal de movimento aéreo. Em setembro, após ficar fechado um mês devido a obras de revitalização na pista e reparos no sistema de abastecimento de água, foram feitos quase mil e seiscentos pousos e decolagens, que transportaram mais de 3.300 passageiros – números 45% e 48% maiores do que os registrados no mesmo período do ano passado, respectivamente.

O superintendente do “PGZ”, Victor Hugo Oliveira, ressalta a queda na alternância de voos após os recentes investimentos feitos no aeródromo. “No mês de setembro só registramos uma alternância e hoje (3), por exemplo, mesmo com a chuva e a nebulosidade recebemos as aeronaves normalmente”, aponta Oliveira, explicando que os pilotos relatam se sentir mais seguros com as melhorias da estrutura. Em março e junho, por exemplo, cinco voos foram alternados em cada mês, totalizando quase 500 passageiros no embarque e mais de 360 no desembarque.

Além das obras na pista recentemente a Prefeitura também investiu na Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (ETPA), que permite a comunicação de informações para as aeronaves que estão no ar, auxiliando a navegação aérea com mensagens sobre aspectos meteorológicos e de tráfego, como pressão do vento e atmosférica, velocidade do vento, precipitações e altitudes de camadas de nuvens, por exemplo.

O aeroporto é gerido pela Secretaria de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, e o gestor da pasta, Paulo Carbonare, destaca o desenvolvimento gerado pelos investimentos. “Estamos rumo a nos transformar em uma opção para a alternância de outros aeroportos, ou seja, de não conseguir receber aeronaves em dias de condições climáticas adversas estamos seremos um aeroporto que recebe os voos que outras cidades não conseguem”, exemplifica o secretário municipal.

Abastecimento de aeronaves

Já está em operação no Aeroporto Sant’Ana o Posto de Abastecimento de Aeronaves [PAA], que oferta os serviços de abastecimento de combustível e lubrificantes. A empresa responsável é a Helisul Aviação, que venceu o processo licitatório pelo direito de concessão de um espaço para a exploração do serviço.

Para o superintendente Victor Hugo de Oliveira a oferta de um PAA é importante por abrir um leque de opções para os usuários do transporte aéreo. “Com esse posto nós somos concorrentes diretos do Aeroporto de Bacacheri, situado em Curitiba, já que muitas aeronaves tinham que ir até lá para abastecer. O serviço é bacana por aumentar o fluxo de aviões, fazer com que os voos percam menos tempo de deslocamento e beneficiar quem já usa o nosso PGZ”, aponta o superintendente.

O secretário municipal Paulo Carbonare também destaca que a oferta de abastecimento beneficiará os serviços médico e policial disponibilizados no aeródromo. “Além de todos os voos executivos e dos nossos usuários dos hangares, por exemplo, o PAA também poderá atender o Batalhão da Polícia Militar de Operações Aéreas [BPMOA] e a base do serviço aeromédico”, reforça Carbonare.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.