Agora1

Estudante brasileira que cursava medicina é morta a tiros na Nicaraguá

24 de julho de 2018 - 16:02
Imagem reprodução facebook

Uma estudante de medicina foi morta a tiros na noite de segunda-feira (23) em Manágua, capital da Nicarágua.

A morte de Raynéia Gabrielle Lima, 31 anos, estudante de medicina na Universidade Americana (UAM), foi confirmado pela Embaixada do Brasil no país.

Raynéia era pernambucana de Vitória de Santo Antão e completaria 32 anos em agosto. O país da América Central vive desde abril uma onda de protestos que pedem a saída do presidente Ortega.

A garota teria sido metralhada, e ao menos 360 pessoas já foram mortas, a maior parte civis.

Ortega nega ter ligação com os grupos paramilitares que são acusados de serem os responsáveis pela maioria das mortes.

Leia mais no Yahoo Noticias

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.