Agora1

21º

Empresa vence licitação e irá investir R$ 73 milhões no novo Mercadão Municipal

9 de outubro de 2017 - 16:07
Imagem divulgação

A empresa apresentou projeto que estima um investimento de mais de R$ 73 milhões no complexo

Foi publicada hoje (9) no Diário Oficial a ata da reabertura da sessão da licitação que prevê a concessão administrativa e obras de recuperação do Mercado Municipal. A empresa Tekla Engenharia Ltda foi declarada como vencedora do processo, que agora segue para a Procuradoria Geral do Município (PGM) dar o parecer final – para que posteriormente o contrato seja assinado.

O projeto prevê a recuperação do “Mercadão” e a construção de um estacionamento e um hotel ao lado do patrimônio municipal. A concessão de uso do imóvel está regulamentada pela Lei Municipal nº 12.755/2017 e o prazo de duração será de 35 anos.

Após a assinatura de contrato a empresa concessionária terá até 12 meses para finalizar a remodelação do Mercado e a adaptação de andares para garagens, 30 meses para a construção do hotel e até 36 meses para o todo complexo estar em pleno funcionamento.

A Tekla Engenharia apresentou um Plano Técnico Operacional que prevê um investimento de mais de R$ 73 milhões em todo o projeto. O secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Carbonare, ressalta que este montante será proveniente da iniciativa privada, já que o município não terá que fazer nenhum desembolso para o projeto. “A nossa única contrapartida é a concessão do terreno por tempo estipulado. Será responsabilidade da concessionária o investimento monetário e o cumprimento de prazos”, destaca o secretário municipal.

O prefeito Marcelo Rangel lembra que o processo para a concessão iniciou em 2015 e contou com a participação do legislativo e da população. “Foram dois anos de luta e diversos conselhos, estudos, audiências públicas, apresentações de propostas e votações na Câmara”, recorda o prefeito, que também analisa a importância da restauração deste patrimônio da cidade: “O Mercadão é sinônimo de comércio, cultura e lazer. Muitos ponta-grossenses têm sua história ligada a esse local, e a sua reabertura trará isso de volta”, salienta Rangel.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.