Agora1

Cesta básica aumenta R$ 89,85 desde janeiro, aponta pesquisa da UEPG

13 de junho de 2022 - 19:51
Foto: Geraldo Magela/ Texto: Jéssica Natal

A cesta básica em Ponta Grossa passa a custar, em junho, R$ 840,89. O valor representa uma alta de R$ 89,85 em comparação com janeiro, quando a cesta custava R$ 751,04. Os dados são do Núcleo de Economia Regional e Políticas Públicas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Nerepp-UEPG), que leva em conta o preço das compras realizadas por meio do serviço de delivery dos supermercados. O novo valor representa 69,38% de um salário mínimo e leva em conta 33 produtos que constituem o consumo básico de alimentação, higiene e limpeza.

Dos 33 produtos da cesta básica, 18 ficaram mais caros, 13 tiveram queda de preços e dois mantiveram os valores. O item que ficou mais caro foi a esponja (18,07%) e o produto que registrou menor preço foi a banana, com 25% de queda. O grupo “Hortifrutigranjeiros” registrou queda de preço de 0,38%, com o alho apresentando maior preço (11,50%). O grupo “Limpeza” encareceu 4,22%, com o sabão em pó 6,87%. mais barato. O grupo “Higiene” teve aumento de 1,25% e, dentro deste, o sabonete foi o produto que ficou 13,11% mais caro. O leite recebe destaque no grupo “Alimentação Geral”, ficando 11,80% mais caro. Dentro deste grupo, o feijão ficou mais barato (5,19%). O grupo “Carnes” apresentou aumento de 7,15%, sendo a carne bovina o produto mais caro (9,16%).

A pesquisa caracteriza o consumo de famílias com 3 membros em média, com renda de 1 a 5 salários mínimos e residentes em Ponta Grossa. O Índice Cesta Básica (ICB) não deve ser confundido como aferidor de inflação, além de ser exclusivo para representar as compras feitas no município.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.