Agora1

Amigos e parentes de Imbituva lamentam morte de família em acidente

29 de dezembro de 2018 - 16:33
Imagem e informações PRF

Três pessoas da mesma família, morreram em um acidente registrado na noite de sexta-feira (28), por volta das 21h15, no km 305,0 da BR-153, no município de Imbituva, região dos Campos Gerais.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, chovia no momento do acidente.

O acidente de trânsito do tipo colisão frontal, ocorreu entre um reboque e um automóvel. Pelo apurado pela equipe PRF, a composição de veículos de carga (CVC) composta por um caminhão tanque e um reboque tanque, preparados para o transporte de leite (mas vazios no momento), seguia em sentido a Irati.

Em uma curva no início do quilômetro 305, o reboque deslizou, derrapou a sua extremidade traseira, invadindo a pista contrária e colidindo com o rodado esquerdo de seu último eixo contra o automóvel VW/Gol de placas de Imbituva que seguia em direção contrária (a Imbituva).

Com o impacto, o eixo traseiro do reboque foi arrancado do veículo e lançado fora da pista. A família que seguia no carro era moradora de Imbituva.

Sofreram morte instantânea o condutor do carro, de 30 anos, sua filha criança de 7 anos e sua cunhada adolescente de 16 anos. A única sobrevivente foi a esposa do condutor (de idade não apurada, irmã da adolescente) que foi socorrida em estado grave ao Hospital em Irati.

O automóvel e a composição de veículos de carga ficaram imobilizados sobre a pista, qual ficou completamente interditada por cerca de 3 horas e meia, para a realização de perícia e desencarceramento/remoção dos corpos ao IML de Ponta Grossa.

A Pista ainda permaneceu parcialmente interditada por cerca de 1 hora até a remoção dos veículos.  A PRF registrou o acidente e coordenou o trânsito, sendo auxiliada pela Defesa Civil de Imbituva e Corpo de Bombeiros de Irati. O condutor da composição de carga, que saiu ileso do acidente, acompanhou a equipe PRF até a Delegacia de Polícia Civil de Imbituva, onde foi ouvido em Inquérito Policial que irá apurar as causas e circunstâncias do acidente.

O Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, confirmou a morte do professor e técnico de futsal Paulo Neves, de sua filha Maria Beatriz e de sua cunhada, Bruna Ribeiro, moradores de Imbituva. Nas redes sociais, amigos e parentes das vítimas, lamentaram a morte da família no acidente.

“Está difícil, foi uma noite difícil e com certeza será difícil para sempre, ainda lembro dos risos, das brincadeiras, a dor é enorme e o sentimento é de um buraco enorme que não terei forças de sair, mas ao mesmo tempo vem todas as suas lições, de como ser um ser humano melhor, uma atleta melhor, e transformar o mundo num lugar melhor”, disse uma amiga

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.