Agora1

Aeroporto Sant’Ana recebe novos investimentos em segurança

1 de novembro de 2018 - 17:37
Divulgação

Por Millena Sartori/

Um novo equipamento foi adquirido e o aeródromo recebeu a certificação definitiva da Anac

Na manhã desta quinta-feira (1) foi realizada uma reunião na Prefeitura Municipal para o anúncio de novos investimentos no Aeroporto Municipal Comandante Antonio Amilton Beraldo, mais conhecido como Aeroporto Sant’Ana (PGZ). A partir de agora o aeródromo público passa a contar com o PAPI (do inglês, Indicador de Precisão da Trajetória de Aproximação), equipamento de auxílio visual que fornece informações de orientação para proporcionar mais segurança aos pousos.

“O PAPI consiste em luzes que ajudam o piloto a pousar: conforme ele vai se aproximando as luzes vão acendendo para que ele possa enquadrar a aeronave de forma correta”, exemplifica o superintendente do PGZ, Victor Hugo de Oliveira.

A ferramenta foi adquirida sem custos ao Município, já que a sua compra foi uma contrapartida da cessão de um espaço à Agrocete Indústria de Fertilizantes, conforme explica o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, Paulo Carbonare. “Agradecemos à confiança que o aeroporto conquistou e que nos rende parcerias como a disponibilização de um equipamento deste, avaliado em cerca de R$ 300 mil”, aponta Carbonare.

Outra novidade é a certificação definitiva da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que atesta a segurança do aeroporto. Segundo o superintendente do PGZ o aeródromo ponta-grossense é o primeiro do Brasil, gerido por uma Prefeitura, a receber o selo. “Essa é a validação dos nossos procedimentos de segurança, que aponta que possuímos todos os itens exigidos pelo órgão nacional”, explica Victor Hugo.

O prefeito Marcelo Rangel ressalta que a certificação é um reconhecimento de todos os investimentos feitos no local. “Já temos a nossa EPTA [Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego], revitalizamos a nossa pista e temos buscado estruturar o nosso aeroporto da forma que melhor atenda os seus usuários. Sabemos que o Sant’Ana é um vetor de desenvolvimento e um atrativo para a nossa cidade, e temos que valorizar todos esses esforços empregados”, avalia Rangel.

A cerimônia também contou com a presença de Guilherme Figueiredo, da Agrocete, José Braz, da Betel Serviços Auxiliares de Transportes Aéreos, Alisson Margraf, presidente do aeroclube, da equipe do aeroporto, dos demais diretores da SMICQP, do deputado federal Sandro Alex e dos vereadores Rudolf Polaco, Celso Cieslak, Divo e Mioduski.

Cessão de novas áreas

Também foram anunciadas as licitações para a cessão de quatro áreas do aeroporto. Uma delas é onde antigamente ficava a empresa Planair, que possui 912 m², e exigirá como contrapartida a ampliação e reforma do pátio, que deve ganhar 5 mil m² a mais.

“Hoje já temos oficina de aviões, posto de abastecimento de combustíveis e aeroclube. Agora iremos pleitear também uma oficina de helicópteros, buscando fechar o ciclo de serviços oferecidos pelo Aeroporto Sant’Ana”, anuncia o superintendente Victor Hugo.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.