Agora1

Polícia Militar lança Operação Pronta Resposta Campos Gerais

15 de junho de 2022 - 08:41
Foto: Soldado Ponchio

O evento de aniversário do Batalhão 3º Sargento PM Ricieri Chagas, em Guarapuava, nesta terça-feira (14), foi marcado pelo lançamento da nova fase da Operação Pronta Resposta Campos Gerais, comandada pelo Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE) e que contará com o reforço de 120 policiais militares. Trata-se de ação conjunta da Polícia Militar do Paraná e do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O foco é o combate ao tráfico de drogas, tráfico de armas, contrabando e roubo de cargas.

O comandante da operação, tenente-coronel Paulo Siloto, comentou sobre as peculiaridades da região. “Guarapuava e os Campos Gerais são cortados por rodovias federais e estaduais. O fluxo de veículos é bastante intenso e isso possibilita que o crime organizado as utilize para circulação de drogas, armas e contrabando. É por isso que nós estamos prontos, com equipes dotadas de alto poder de resposta”, disse.

O evento, repleto de emoção, também marcou a troca de nome do antigo Batalhão da Polícia Militar em Guarapuava, após decreto assinado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior. Ele completou 33 anos de fundação e agora tem o nome do sargento morto na tentativa de um assalto a uma transportadora de valores, em abril.

Pronta Resposta

“Nós perdemos um ente querido e um companheiro de trabalho. O exemplo dele vai salvar incontáveis vidas. O nome dele vai ficar eternizado na história da corporação e do Estado”, disse o secretário da Segurança Pública, Wagner Mesquita de Oliveira.

Também houve o anúncio da integração da localidade ao Projeto Olho Vivo. A medida visa utilizar a tecnologia a favor do cidadão com sistema de câmeras integradas para auxiliar no andamento dos trabalhos das forças de segurança do Estado. “Por meio de uma Central de Monitoramento, será possível que os servidores façam acompanhamento dos municípios por vídeo e, assim, dar suporte aos policiais que estão nas ruas de forma a agilizar e dar mais eficiência ao atendimento das demandas da população”, explicou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Hudson Leôncio Teixeira, disse que o Olho Vivo faz parte do plano de governo estadual de utilização de alta tecnologia e acompanhamento 24 horas por dia. “Guarapuava será contemplada na segunda fase de implantação. Contaremos com as câmeras instaladas pela prefeitura para auxiliar no policiamento ostensivo”, comentou.

SARGENTO RICIERI – Natural de Campo Mourão, o 3º sargento Ricieri Chagas ingressou na Polícia Militar em 26 de setembro de 1995. Nos 27 anos de corporação, além de integrar o 16º BPM, ele atuou no Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON). Dentro das unidades, o policial integrou a Rondas Ostensivas Tático Móveis (ROTAM), o Pelotão de Trânsito e os Grupo de Operações Especiais (GOE) e Tático Móvel Auto (TMA).

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.