Agora1

36ª Fesuva deve comercializar mais de 35 toneladas de uva

18 de janeiro de 2019 - 19:21
Divulgação

Expectativa de venda foi anunciada durante a cerimônia de abertura da feira

Na tarde desta quinta-feira (17), aconteceu a solenidade de abertura da 36ª Feira da Uva (Fesuva), instalada ao lado da Estação Saudade, em Ponta Grossa. Durante os quatro dias da feira, mais de 35 toneladas de uva do tipo branca, preta e rosada deverão ser comercializadas, além de produtos da agroindústria familiar a base da fruta, comidas típicas e artesanatos.

Com horário de funcionamento das 09h às 22h, a expectativa é que nesta edição a Fesuva supere o número de 30 mil visitantes do ano passado. A novidade para a 36ª edição da feira está na praça de alimentação, com os pratos da culinária italiana, como vitela com batata rústica, polenta cremosa, piadina e de sobremesa, gelado italiano, como informa a presidente do Núcleo de Alimentação para Eventos (NAPES), Geisa Santos.

Participaram da cerimônia a prefeita em exercício Elizabeth Schimidt, o secretário interino da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SMAPA), Alexandre Oliveira e representantes do órgão, o gerente regional Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Osmar Wagner e o vereador Rudolf ‘Polaco’. De acordo Elizabeth Schimidt, a longevidade da Fesuva demonstra a importância da produção agrícola no município. “A Feira da Uva reforça a dimensão do que é produzido em Ponta Grossa, o que implica no fortalecimento do trabalho local, produzido e comercializado aqui”, afirma.

Na ocasião, a prefeita cumprimentou todas as cinco famílias produtoras de uva que participam da feira, os 21 artesãos e os comerciantes da praça da alimentação. Em conversa com os participantes da festa conheceu Amazonas Sampaio e Angela Mendes Sampaio, moradores de Jaguariaíva que vieram à cidade prestigiar a Fesuva. “Saímos às 14h da nossa cidade para chegar a tempo da abertura. A decoração esse ano está muito bonita, assim como os produtos. Já compramos geleia, bolo, sorvete e uvas fresquinhas”, afirmou Amazonas.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.