Agora1

Operário perde para a Chapecoense na estreia de Matheus Costa

24 de outubro de 2020 - 09:39
Assessoria de Imprensa Operário Ferroviário Fotos: Márcio Cunha/ACF

Fantasma jogou de igual para igual com o líder e agora busca vitória em casa na próxima rodada

O Operário Ferroviário perdeu para a Chapecoense por 1 a 0, na noite desta sexta-feira (23), na Arena Condá, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com o resultado, o Fantasma segue com 22 pontos e na 11ª colocação.

Na estreia do treinador Matheus Costa, o alvinegro jogou de igual para igual com o líder da competição, apostou na marcação e criou chances durante a partida. Aos 12 minutos do primeiro tempo, Marcelo cobrou falta pela esquerda e Sávio aproveitou a sobra e arriscou o chute, mas a defesa tirou o perigo. Oito minutos depois, Peixoto cruzou, Jefinho subiu e mandou de cabeça e a bola passou à direita do goleiro. Aos 45 minutos, Maranhão chegou pela direita e cruzou, Douglas Coutinho disputou no alto e a defesa tirou.

A Chapecoense abriu o placar aos seis minutos da segunda etapa com Anselmo Ramon. O Operário respondeu e foi para cima. Aos 20 minutos, Marcelo cobrou falta pela esquerda e mandou por cima do gol. Dois minutos depois, em nova falta, o meia jogou a bola na área e a zaga adversária tirou. Aos 28 minutos, Douglas Coutinho chegou pela esquerda e mandou chute forte de fora da área, obrigando o goleiro a espalmar. Dez minutos depois, foi a vez de Jean Carlo cobrar falta e o goleiro defender. Aos 43 minutos, Clayton chutou de fora da área e a bola passou ao lado da trave. Dois minutos depois, o camisa 10 do alvinegro cobrou nova falta e Fabiano cabeceou para fora. Antes do fim da partida, após troca de passes, Jean Carlo arriscou chute, mas mandou por cima do gol.

O Fantasma iniciou o jogo com Thiago Braga, Sávio, Rafael Bonfim, Ricardo Silva, Peixoto, Leandro Vilela, Marcelo, Thomaz, Maranhão, Douglas Coutinho e Jefinho. No segundo tempo, entraram Fabiano, Jean Carlo, Clayton, Lucas Batatinha e Diego Cardoso para saída de Peixoto, Maranhão, Thomaz, Jefinho e Leandro Vilela.

Em entrevista coletiva por videoconferência, o treinador Matheus Costa falou sobre a partida. “Eu tenho que separar o resultado do nosso empenho. A gente fica chateado pelo resultado, acredito que poderíamos ter uma sorte melhor hoje, talvez um empate, carregar um ponto para Ponta Grossa. Pelo desempenho e pelo rendimento, levando em consideração o adversário que a gente enfrentou, eu saio com uma expectativa boa do que a gente pode produzir daqui pra frente. Sem dúvida alguma, eu tenho meu lado de expectativa e confiança que o Operário pode ser um protagonista nessa Série B. Óbvio que vamos correr contra o tempo, porque é uma pontuação que nos preocupa para aquilo que a gente quer e estamos lutando para recuperar esses pontos perdidos.”

O Operário volta a campo pela Série B no sábado (31) contra o Botafogo, às 19h, no Estádio Germano Krüger.

FICHA TÉCNICA

Chapecoense 1×0 Operário
Campeonato Brasileiro Série B – 18ª rodada
Arena Condá – 23/10/20 – 21h30

Chapecoense: João Ricardo, Ezequiel, Derlan, Luiz Otávio, Alan Ruschel, Willian, Anderson Leite, Aylon (Lima), Paulinho Mocelin (Guedes), Lucas Tocantins (Alan Grafite) e Anselmo Ramon. Téc: Umberto Louzer
Banco: Tiepo, Kadu, Felipe Santana, Rafael Santos, Ronei, Vini Locatelli, Foguinho e Perotti.

Operário: Thiago Braga, Sávio, Rafael Bonfim, Ricardo Silva, Peixoto (Fabiano), Leandro Vilela (Diego Cardoso), Marcelo, Thomaz (Clayton), Maranhão (Jean Carlo), Douglas Coutinho e Jefinho (Lucas Batatinha). Téc: Matheus Costa
Banco: André Luiz, Sosa e Alemão.

Gols: 2T 6’ Anselmo Ramon (Chapecoense)

Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli
Árbitro Assistente 1: Marcus Vinicius Gomes
Árbitro Assistente 2: Magno Arantes Lira
Quarto Árbitro: Evandro Tiago Bender

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.