Agora1

Operário perde nos pênaltis e se despede da Taça Barcímio Sicupira

17 de fevereiro de 2019 - 21:42
Assessoria Toledo EC

Fantasma volta a jogar em março pela Taça Dirceu Krüger

O Operário Ferroviário perdeu nos pênaltis para o Toledo, na tarde deste domingo (17), pela semifinal do Campeonato Paranaense – Taça Barcímio Sicupira Junior. No tempo normal, as equipes empataram em 1 a 1 e, nos pênaltis, o time da casa venceu por 3 a 1. O jogo aconteceu no Estádio 14 de Dezembro.

O Toledo abriu o placar aos sete minutos do primeiro tempo, quando Eduardo aproveitou sobra na área e marcou. O alvinegro buscou o gol durante toda a partida e conseguiu empatar aos 43 minutos da segunda etapa. Após cobrança de escanteio, Cleyton aproveitou o rebote, tirou a marcação e deixou tudo igual.

Nos pênaltis cobrados pela equipe da casa, Revson marcou o primeiro. Simão defendeu as cobranças de Eduardo e Netto. William e Guilherme Rend marcaram. Nas cobranças do Fantasma, Schumacher chutou para fora, Robinho marcou, Cleyton chutou na trave e Lucas Batatinha teve a cobrança defendida pelo goleiro.

O Operário iniciou o jogo com Simão, Danilo Báia, Rodrigo, Sosa, Peixoto, Chicão, Índio, Pedrinho, Dione, Rafinha e Schumacher. No segundo tempo, entraram Lucas Batatinha, Cleyton e Robinho para saída de Danilo Báia, Rafinha e Pedrinho.

Em entrevista coletiva, o técnico Gerson Gusmão falou sobre a partida. “Mais uma vez, tomamos o gol no início do jogo em uma decisão. A equipe sentiu um pouco e depois se acertou no jogo, conseguiu ter o domínio. O segundo tempo foi todo nosso. Acho que a gente merecia um gol até mais cedo por aquilo que a equipe produziu, pelas tentativas. A bola sempre batia em um, o goleiro estava em um dia muito iluminado hoje. Mas futebol é assim, a gente não vai ganhar sempre. Nós temos uma boa equipe, mas o adversário também mostrou por que chegou na semifinal. A gente tentou, durante o jogo todo, buscar o gol. Estamos todos tristes, claro, não é o resultado que queríamos e que poderíamos ter alcançado. Mas agora é assimilar isso e já começar a trabalhar visando o segundo turno”.

Na partida contra o Toledo, o capitão Chicão atingiu uma marca histórica: 100 jogos com a camisa do Fantasma.  Nesses anos, foram quatro taças levantadas: Campeão Paranaense 2015, Campeão Brasileiro Série D 2017, Campeão Paranaense da Segunda Divisão 2018 e Campeão Brasileiro da Série C 2018.

O alvinegro volta a jogar pelo Campeonato Paranaense no dia 10 de março contra o Londrina, às 16h, no Estádio Germano Krüger. A partida é válida pela primeira rodada da Taça Dirceu Krüger.

FICHA TÉCNICA

Toledo (3)1×1(1) Operário

Campeonato Paranaense – Taça Barcímio Sicupira – Semifinal

Estádio 14 de Dezembro – 17/02/19 – 17h

Toledo: Andre Luiz, Eduardo, Netto, Matheus, Jhonathan, Julio Cesar, Pacato (Guilherme Rend), Eduardinho, Wayni (William), Tiaguinho (Marcelinho) e Revson. Téc: Agenor Piccinin

Banco: Lucas, Christian, João Neto, Guilherme, Leo Dreyer, Andrezinho, Paulo Careca e Thiago.

Operário: Simão, Danilo Báia (Lucas Batatinha), Rodrigo, Sosa, Peixoto, Chicão, Índio, Pedrinho (Robinho), Dione, Rafinha (Cleyton) e Schumacher. Téc: Gerson Gusmão

Banco: Thiago Braga, Alisson, Serginho Paulista, Jardel, Gil Paraíba, Xuxa e Quirino.

Gols

Tempo normal: 1T 7’ Eduardo (Toledo); 2T 43’ Cleyton (Operário)

Pênaltis: Revson, William e Guilherme Rend (Toledo); Robinho (Operário)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques

Assistente 1: Everson De Souza

Assistente 2: Denise Akemi Simoes de Oliveira

Quarto Árbitro: André Ricardo Martins

Público pagante: 3.846 pessoas

Público total: 4.051 pessoas

Renda: R$ 102.120,00

por Bianca Machado OFEC

 

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.