Agora1

Bragantino vence Operário-PR e pode ser campeão da Série B nesta quarta

13 de novembro de 2019 - 06:35
Assessoria de Imprensa – Operário FerroviárioFotos: José Tramontin/OFEC

Para comemorar o título basta o Sport não derrotar o Botafogo-SP em Ribeirão Preto

O Operário Ferroviário perdeu para o Bragantino-SP na noite dessa terça-feira (12), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Estádio Germano Krüger. O time de Vila Oficinas está com 49 pontos e ocupa a nona posição na tabela.

O Bragantino abriu o placar aos oito minutos do primeiro tempo, com gol do Ytalo. O alvinegro tentou diminuir a diferença e criou situações de gol nas duas etapas da partida, mas não conseguiu balançar as redes. A equipe de  Bragança Paulista ampliou o placar aos oito minutos do segundo tempo, com gol de Morato. A partida terminou com resultado de 2 a 0 para o time visitante.

O Fantasma iniciou o jogo com Rodrigo Viana, Mailton, Lázaro, Rodrigo, Peixoto, Jardel, Índio, Marcelo, Rafael Chorão, Felipe Augusto e Lucas Batatinha. No segundo tempo, entraram Jonh Lennon, Uilliam e Schumacher para saída de Jardel, Felipe Augusto e Rafael Chorão.

Em entrevista coletiva, o treinador Gerson Gusmão falou sobre o jogo. “Não foi o resultado que nós queríamos nem que merecíamos, mas a gente sabia que ia ser um jogo difícil e tentamos dar o nosso melhor. Infelizmente, acabamos perdendo algumas chances de gol, mas saímos de cabeça erguida, mesmo derrotados. Agora, queremos terminar bem os últimos jogos. A dedicação nunca faltou no time e vamos procurar deixar o Operário na melhor posição possível.”

O alvinegro volta a jogar pela Série B no próximo sábado (16) contra o Guarani-SP, às 16h30, no Estádio Brinco de Ouro.
 
FICHA TÉCNICA

Operário 0 x 2 Bragantino
Campeonato Brasileiro Série B – 35ª rodada
Estádio Germano Krüger – 12/11/19 – 21h30

Operário: Rodrigo Viana, Mailton, Lázaro, Rodrigo, Peixoto, Jardel (Jonh Lennon), Índio, Marcelo, Rafael Chorão (Schumacher), Felipe Augusto (Uilliam) e Lucas Batatinha.
Téc: Gerson Gusmão
Banco: André Luiz, Jonh Lennon, Julinho, Chicão, Revson, Cleyton, Eduardo, Uilliam, Schumacher, Jean Carlo, Cléo Silva e Bruno Batata.

Bragantino: Julio Cesar, Léo Ortiz, Ligger, Barreto, Uillian Correia, Aderlan (Bruno Tubarão), Ytalo, Wesley, Rafael Carioca (Edimar), Morato (Ryller) e Claudinho.
Téc: Antônio Carlos Zago

Banco: Matheus Peixoto, Baralhas, Bruno Tubarão, Roberson, Rayan, Thiago Ribeiro, Robinho, Pio, Anderson Marques, Edimar, Ryller e Kewin.

Gols: 1T 7’ Ytalo e 2T 8’ Morato (Bragantino)

Árbitro: Ramon Abatti Abel
Árbitro Assistente 1: Alex dos Santos
Árbitro Assistente 2: Gizeli Casaril
Quarto Árbitro: Murilo Ugolini Klein
Analista de Campo: Faustino Vicente Lopes

Público pagante: 4.318 pessoas
Público total: 4.944 pessoas
Renda: R$ 51.040,00

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.