Agora1

Professor é acusado de estuprar alunas de 10 e 12 anos em Santa Catarina

31 de março de 2021 - 17:37
Crianças vitima de abuso e racismo – Foto: Ilustrativa

O professor de uma escola municipal em Itapoá, a 253 km de Florianópolis, foi acusado formalmente pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) na terça-feira por estuprar quatro alunas menores de idade. As vítimas tinham de 10 a 12 anos na época dos crimes, entre os anos de 2018 e 2019. De acordo com o MP, o homem foi preso preventivamente no dia 11 de março.

A denúncia do caso foi apresentada no dia 22 e recebida pela Justiça no dia 24 de março. De acordo com a ação ajuizada pela Promotoria de Justiça de Itapoá, o professor se aproveitou da autoridade que tinha por conta de sua ocupação para praticar diversao atos libidinosos contra as vítimas.

A ação ainda não foi julgada. Em nota, o MP afirma que não pode repassar mais informações sobre o caso por conta do sigilo do processo,conforme determinado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Em entrevista ao portal Ndmais, o pai de uma das vítimas contou que ela foi estuprada mais de uma vez pelo professor quando tinha 12 anos. Ele relata ainda que o comportamento da menina mudou após o episódio.

— Ela andava mais nervosa. Mudou da água para o vinho. O professor tinha alguns projetos como pretexto, e, por isso, ficava com os alunos até mais tarde. A partir daí, minha filha começou a ser estuprada. Tenho laudos do IML comprovando o estupro — contou.

Foram os próprio responsáveis pelas alunas que fizeram denúncias na escola, Secretaria Municipal de Educação, à Polícia Civil e ao Ministério Público.

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.