Agora1

Polícia Civil prende suspeito de ter matado Munir Ferreira na manhã de hoje em PG

15 de outubro de 2021 - 19:25
Reprodução / Policia Civil

A vitima Munir Ferreira da Silva, de 35 anos foi encontrado morto na Praça Barão do Rio Branco na manhã de hoje (15)

A Policia Civil de Ponta Grossa, através do Setor Operacional, prendeu, em flagrante, autor do homicídio que vitimou Munir Ferreira da Silva

Munir foi localizado, na manhã desta sexta-feira (15), já sem vida, nas imediações da Praça Barão do Rio Branco, apresentando lesão compatível com ferimento por arma branca na região do tórax.

Ante o exposto, iniciaram-se as investigações e através de apoio de populares e, também, do centro de monitoramento eletrônico da Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública do Município de Ponta Grossa, coletou-se informações relevantes sobre os fatos.

Identificou-se, então, que o suspeito estava hospedado em um hotel na região central da Cidade. A equipe esteve no local, contudo, o suspeito já havia fugido às pressas do local.

Durante diligências, localizou-se, próximo ao terminal central, o suspeito (homem de 29 anos), preso em flagrante, pela prática do crime de homicídio, assim como sua convivente (também de 29 anos), que, também, foi conduzida até a delegacia.

Constatou-se que a convivente do preso estava de tornozeleira eletrônica e, posteriormente, ao crime, teria rompido-a e a escondido dentro de uma caixa de registro de água localizada próxima ao local do crime.

Ante o exposto, o homem foi autuado em flagrante pela prática do homicídio e sua companheira foi autuada em flagrante pelo dano ao patrimônio público.

O rompimento da tornozeleira eletrônica foi prontamente comunicado a Vara de Execuções Penais de Ponta Grossa, que, rapidamente, após manifestação do Ministério Público, expediu mandado de prisão em face desta, tendo, também este sido cumprido.

A convivente do suspeito de homicídio alegou que teve um desentendimento com Munir, na data de ontem (14), ocasião em que teria sido agredida, o que, consoante apurado, teria sido a motivação do homicídio.

Por oportuno, a Polícia Civil de Ponta Grossa reforça os números de denúncia via aplicativo Whatsapp (42) 99827-9684 e (42) 99807-9691 (Homicídios).

Redação Agora1
Equipe de redação do Portal Agora1. Gostaria de nos informar algo? Entre em contato! Clique aqui e nos envie um e-mail agora mesmo.